12 gestos corporais que revelam nossas emoções em qualquer lugar do mundo

A linguagem corporal diz respeito à informação que damos através do nosso corpo, pela nossa postura global. Esta informação é dada por meio de gestos, expressões faciais e posturas.

Segundo Serafim A.C., a linguagem corporal diz muito acerca da pessoa, já que é essa a primeira fonte de informação, por excelência, que damos a conhecer ao outro, e que dá a primeira impressão a respeito de nós.

As expressões emocionais são universais. Por elas dizerem como somos em qualquer lugar do mundo.

No entanto, quando verbalizamos algo é importante ter em conta a linguagem corporal.  Porque ela demonstra o que estamos a pensar. Quando dizemos alguma coisa que não corresponde ao que diz o nosso corpo, entramos em contradição.  E tais gestos podem ser notados por quem nos observa.

Alguns exemplos desta forma de comunicar através do corpo são os gestos, tais como a postura e o olhar. Quando olhamos e nos posicionamos de frente para o nosso interlocutor, significa que dizemos a verdade. E se a linguagem corporal acontece de forma inconsciente, significa que é muito difícil de manipulá-la, mesmo querendo.

A teoria da linguagem corporal permite-nos concluir que, se todos conseguissem ler esta mensagem uns nos outros, poderia gerar um caos de conflitos, pelo fato de que desejamos a verdade, mesmo que não estejamos preparados para ela.

Diante da ideia de que é possível ler a linguagem corporal, é muito importante compreender se a análise está correta.  Pelo fato de que também os gestos podem ser disfarçados, ocultados ou arranjados. Um dos sentimentos mais evidentes do corpo, por intermédio da expressão facial, é a tristeza.

Outros exemplos de expressões corporais bastante conhecidos: O empinar de cabeça que indica superioridade, o baixar de cabeça e tórax retraído que indica submissão e, ainda, a cabeça em posição neutra que corresponde a estruturas de personalidade mais fortes e marcantes.

Mais complexa é a observação de uma pessoa que mente. Neste caso só um psicólogo é capaz de descobrir o que se passa no interior do paciente.

9  gestos mais conhecidos e a sua interpretação

1     – Aperto de mão forte significa segurança. Para alguns estudiosos significa também vida longa.

2      Aperto de mão fraco significa alto grau de insegurança em si mesmo. (Vida curta, talvez?)

3     – Pés na direção do interlocutor significam interesse.

4     – Pés na direção contrária significam vontade de ir embora.

5     – Braços cruzados significam inflexibilidade.

6     – Puxar ou mexer no cabelo significa pensar em algo malicioso ou ousado. 

7     – Apoiar com os cotovelos na mesa, nos joelhos, na parede… significa que está dominando a situação.

8     – Morder canetas ou roer as unhas significa um nível avançado de estresse. 

9      – Levar várias vezes as mãos na boca significa uma necessidade de dizer algo sem saber bem como ou que.

10   – Mãos cruzadas no tórax significam superioridade. É quando a pessoa se transforma numa parede. Nada atravessa. Endureceu de vez. 

11  – Respiração acelerada sem fazer esforço significa estresse.

12  – Apoiar o queixo nas mãos significa resignação. Concordou mentalmente que não adianta espernear. 

No entanto, de acordo com os estudos levados a cabo por Serafim A.C. é importante ressalvar que esta teoria dos gestos não é exata.  E que os mesmos vão depender muito do contexto e ambiente em que a pessoa que os faz.

Conclusão

A linguagem corporal, além de extremamente complexa, é das formas de expressões mais genuínas da natureza humana.  A nossa postura, o nosso olhar, as nossas expressões faciais, os nossos gestos, comunicam e revelam mais de nós do que aquilo que dizemos verbalmente. Por esse motivo, ao nível do comportamento humano, o estudo da linguagem corporal é um dos pontos que podem ajudar a compreender alguém de forma mais eficaz.

Texto extraído de Knoow.net

Referências:

 

COMPARTILHAR
Portal Raízes
Raízes Jornalismo Cultural - Portal, Revista Impressa e Programa de Televisão




COMENTÁRIOS