15 erros de linguagem corporal que pessoas emocionalmente inteligentes não cometem

Nossos corpos têm uma linguagem própria e a sua expressão nem sempre são agradáveis. A linguagem corporal é parte integrante de cada personalidade.  E vai com você aonde nem imagina.

Já é tempo de começar a entendê-la porque, sem decodificar as suas mensagens, você pode prejudicar a sua carreira se a mensagem não é utilizada em seu benefício.

O site Talent Smart testou mais de um milhão de pessoas e descobriu que os escalões superiores de desempenho são preenchidos por pessoas que são ricas em inteligência emocional (90% dos melhores desempenhos, para ser exato). Essas pessoas sabem o poder que os sinais têm na comunicação.  E por isso controlam a sua própria linguagem corporal.

O Portal Raízes cita, neste artigo de Travis Bradberry, Ph.D. em Psicologia Emocional,  os 15 erros mais comuns da linguagem corporal que as pessoas fazem no dia a dia.  E as pessoas emocionalmente inteligentes têm o cuidado de evitá-las.

  1. O relaxamento é um sinal de desrespeito.Comunica que você está entediado e não tem nenhum desejo de estar onde está. Você nunca iria dizer ao seu patrão: “Eu não entendo por que eu tenho que ouvi-lo“.  Mas se você aparenta desleixo nem precisa dizer, o seu corpo diz com perfeição como você está.

O cérebro é programado para nivelar o poder com a quantidade de espaço que as pessoas ocupam. De pé com os ombros para trás é uma posição de poder e maximiza a quantidade de espaço que você ocupa. Curvar-se, por outro lado, tem o efeito de crise porque denota que você ocupa menos espaço e projeta menos energia. Portanto,manter uma boa postura impõe respeito e promove o engajamento de ambos os lados da conversa.

  1. Gestos exagerados podem implicar que você está escondendo a verdade. Como fazer?Gestos pequenos, controlados, discretos, precisos, para indicar liderança e confiança.  Gestos semelhantes, abertos, espalhando seus braços para mostrar as palmas das suas mãos comunica que você não tem nada a esconder.
  2. Olhar para o relógio ou para o celular enquanto conversa com alguém é um sinal claro de desrespeito, impaciência e ego inflado.Esta postura envia a mensagem de que você tem coisas melhores a fazer do que falar com a pessoa com quem está.  E que você está ansioso para encerrar conversa.
  3. Desviar o olhar para outra direção demonstra não estar atento à conversa. Este gesto retrata que você é distraído e que não está interessado no que o outro diz. E, com   certeza, desconfia da pessoa com quem fala.

Volte-se para a pessoa que está falando e incline a cabeça um pouco para ouvi-la falar. Isso mostra à pessoa que fala que ela tem o seu foco completo e toda a sua atenção.

  1. Os braços e as pernas cruzados, em muitas situações, são barreiras físicas que sugerem que você não está aberto para o que a outra pessoa está dizendo.Mesmo se você estiver sorrindo ou envolvido em uma conversa agradável, a outra pessoa pode ter a clara sensação de que você está na defensiva.

Mesmo que, para você, cruzar braços e pernas sejam mais confortáveis, resista à tentação de fazê-lo se quiser que as pessoas o vejam como uma pessoa aberta e interessada no que elas têm a dizer.  

  1. A contradiçãoentre as suas palavras e sua expressão facial leva as pessoas a sentir que algo não está certo e elas começam a suspeitar que você esteja tentando enganá-las, mesmo que elas não saibam exatamente por que ou como.

Por exemplo, um sorriso nervoso enquanto negocia não vai ajudá-lo a obter o que deseja.  Isso só vai fazer com que a outra pessoa se sinta desconfortável.  E até pode supor ser difícil trabalhar com você porque vão imaginar que você está maquinando algo.

  1. Aceno exagerado com cabeça sinaliza ansiedade.As pessoas podem receber seus acenos ​​como uma tentativa de mostrar que você concorda ou entende algo que você não conhece.
  2. Mexercom os cabelos ou fixar seus sinais demonstra que você está ansioso, com muita energia e distraído.As pessoas vão percebê-lo como excessivamente preocupado com sua aparência física e não preocupado com o que tem a fazer.
  3. Evitar olhar nos olhosfaz com que pareça que você tem algo a esconder e levanta suspeita.Falta de contato visual também pode indicar pouca confiança e desinteresse.  Este é um erro que você nunca deve comunicar em um ambiente de simpatia.

Olhar para baixo quando você fala faz parecer que lhe falta a segurança necessária. Quando baixa o olhar faz parecer que lhe falta confiança, que é inseguro e dissimulado. E o ‘farol baixo’ conduz a que suas palavras percam o efeito. É especialmente importante manter os seus olhos ao nível dos olhos de quem você conversando.  Especialmente se você estiver abordando pontos complicados ou importantes.

O olhar firme, por outro lado, comunica confiança, liderança, força e inteligência.

  1. O contato visual muito intensopode ser percebido como agressivo, ou uma tentativa de dominação. Em média, os americanos fazem contato visual por sete a dez segundos, especialmente quando estamos a ouvir mais do que quando estamos falando. A nossa forma de quebrar o contato visual também envia uma mensagem. Olhar para baixo comunica submissão. O olhar ao infinito com o cenho fechado comunica intenções paralelas.
  2. Rolar os olhosé uma maneira que prova falhas ao comunicar. E exterioriza falta de respeito.Felizmente, embora seja um hábito, é voluntária. Você pode controlá-lo e vale a pena o esforço.
  3. Carrancudomostra  a expressão infeliz, pois envia a mensagem de  que você está chateado com aqueles que estão ao seu redor, mesmo que eles não tenham nada a ver com o seu humor.Carrancas afastam as pessoas. Elas interpretam no inconsciente como se elas estivessem sendo julgadas.

O sorriso, no entanto, sugere que você está aberto, com confiança em si mesmo, confiante no outro e amigável para conversar. Estudos de ressonância magnética mostraram que o cérebro humano reage de modo favorável a uma pessoa que está sorrindo, e isso deixa uma impressão positiva e duradoura.

  1. Apertos de mãofracosinaliza que lhe falta autoridade e confiança, enquanto um aperto de mão muito forte pode ser entendido como uma tentativa agressiva de dominação, que é tão ruim quanto o aperto de mão fraco. Adapte o seu aperto de mão sempre firme para cada pessoa ou situação.
  2. Punhos cerrados são idênticos aos braços e as pernas cruzados; sinaliza que você não está aberto ao ponto de vista de outras pessoas.Punhos cerrados também podem fazer você parecer sem argumento e na defensiva. O que vai fazer as pessoas nervosas a não interagir.
  3. Ficar muito próximo.Se você ficar muito perto de alguém, significa que você não respeita o espaço pessoal.Isso fará com que as pessoas se sintam  desconfortáveis quando elas estiverem a sua volta.

Juntando tudo

Evitar estes erros de linguagem corporal irá ajudá-lo a formar relações mais forte, tanto profissional como pessoalmente.

Autor: Dr Travis Bradberry, Ph.D. em Psicologia Emocional – A versão original deste artigo apareceu pela primeira vez em TalentSmart.com – Tradução e adaptação: Portal Raízes

COMPARTILHAR
Portal Raízes
Raízes Jornalismo Cultural - Portal, Revista Impressa e Programa de Televisão




COMENTÁRIOS