Google imagens

Eu gosto de pessoas intensas. Daquelas que falam de suas emoções sem medo

Não quero alguém que me fale de átomos, de morte, de espaço, de filosofia, de política, de sexo, de viagem à Ásia, à Nova York ou à lua. Quero alguém me conte todas as mentiras que disse em sua vida, no que pensa enquanto beija, quero que fale com emoção.

Não quero que me censure nem que me diga o que tenho que fazer. Que me julgue ou me faça sentir culpado. Que não tente me manipular, nem finja se interessar por mim para logo desaparecer sem dizer nada. Não desejo pessoas assim na minha vida.

Não quero gente tóxica em minha vida

Muitas pessoas passam por nossa vida em diferentes momentos, algumas são constantes e outras desaparecem. Às vezes uma pessoa quando se vai faz um buraco que é difícil de preencher; essa pessoa nos transmitiu emoção. Outras vezes uma pessoa desaparece e nos sentimos tranquilos e aliviados. Estão últimas são as pessoas tóxicas.

Aprender a identificar as pessoas que nos fazem mal requer tempo e experiência e também se baseia em um conhecimento de nós mesmos. Uma pessoa tóxica geralmente tenta manipular ou se fazer de vítima para manipular os demais. Dessa forma conseguem o que querem e que lhe façamos o que elas desejam. Por esse motivo é muito importante ter uma autoestima alta para não permitir a manipulação que esse tipo de pessoa é capaz de fazer para afetar a nossa emoção.

“Algumas pessoas causam felicidade aonde vão, outras quando se vão”. Oscar Wilde 

Gente tóxica 

Uma pessoa tóxica adora criticar e falar dos outros pelas costas para, maldosamente, prejudicar o outro. O melhor é evitar contar coisas da sua vida a uma pessoa com este comportamento.

Gente tóxica necessita ser sempre aceita. A necessidade de ser amada e aceita é a característica de uma pessoa tóxica. São pessoas que buscam o reconhecimento e uma aceitação contínua porque são pessoas que criam conflitos e são egoístas. Pensam apenas em si mesmas e nunca nos outros.

As boas relações e amizades saudáveis nos fazem mais felizes e saudáveis. Quero conviver com pessoas que transmitem emoção. 

 Gosto de pessoas que transmitem energia, que confiem em mim, que me apoiam em minhas decisões e não me julguem. Que me fazem ver o lado bom das coisas, que me animam quando veem mal e me transmitem seu entusiasmo.  

“Conheça todas as teorias. Domine as técnicas, mas ao tocar uma alma humana seja apenas outra alma humana”. Carl G. Jung

Gosto das pessoas que me transmitem sua emoção pelas coisas que fazem pela vida; se apaixonam, riem e choram.

Uma pessoa com boa energia sorri à vida, está onde deseja estar. Sabe cuidar do seu corpo e da sua mente. Aprendeu a relativizar seus problemas e a tirar lições de seus erros. Proporciona alegria e amor aos outros. Sabe desfrutar os seus momentos de solidão, aproveita as oportunidades. Eu gosto desse tipo de pessoas.

Texto de Arantxa Alvaro Fariñas -Extraído de La mente es maravillosa –  tradução livre 

COMPARTILHAR
Portal Raízes
Raízes Jornalismo Cultural - Portal, Revista Impressa e Programa de Televisão




COMENTÁRIOS