“Os Simpsons” previram a eleição de Donald Trump há 16 anos

Segundo Matt Groening, criador da série, o bilionário era o nome mais absurdo que a equipe da animação poderia pensar para inserir como piada no episódio.

Eles acertaram: em Bart to the future, episódio exibido na 11ª temporada, em 2000, Os Simpsons previram que Donald Trump se tornaria presidente dos Estados Unidos.

No episódio da série animada, Lisa Simpson é a presidente americana no ano de 2030. Ela descobre que o país está quebrado e que terá concorrência de Trump nas próximas eleições.

Um ano antes do episódio ir ao ar, Trump manifestou pela primeira vez o seu desejo de concorrer à presidência. Matt Groening, criador dos Simpsons, explicou em entrevista ao The Guardian, em outubro, que o bilionário era o nome mais absurdo que a equipe da animação poderia pensar para inserir como piada na cena.

– Isso ainda é verdade. Está além da sátira – refletiu Groening.

Em entrevista ao jornal O Globo, Al Jean, produtor-executivo da série, ressaltou:

– No caso de Trump, foi menos uma previsão e mais uma advertência. Naquela época, era claramente uma piada, mas a piada está se tornando verdade.

Dan Greaney, roteirista de Os Simpsons, corroborou com Al Jean em entrevista ao The Hollywood Reporter. Segundo Greaney, a ideia de Trump concorrendo à presidência era consistente com a visão dos Estado Unidos enlouquecendo.

– Foi um aviso para a América. E isso pareceu ser a última parada lógica antes de atingir o fundo do poço – apontou.

Logo após Trump anunciar sua candidatura, em junho 2015, a série divulgou um vídeo intitulado Trumptastic voyage, no qual Homer viaja pela cabeleira do bilionário.

Extraído de ZH TV

COMPARTILHAR
Portal Raízes
Raízes Jornalismo Cultural - Portal, Revista Impressa e Programa de Televisão




COMENTÁRIOS