Débora Seabra

Primeira professora brasileira com Down ganha prêmio de educação

Quem disse que a síndrome de Down é um empecilho para que alguém se desenvolva plenamente e possa se destacar em sua área de atuação? Hoje em dia, o maior problema de quem nasce com a síndrome é mesmo o preconceito, mas pessoas como a modelo Madeline Stuart ou a professora potiguar Débora Seabra, que recebeu o Prêmio Darcy Ribeiro de Educação, promovido pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, estão mostrando ao mundo que podem arrasar tanto quanto pessoas que nasceram sem a síndrome.

Débora é considerada a primeira professora com síndrome de Down no Brasil e angariou a premiação por seu exemplo no desenvolvimento de ações educativas no Brasil. Formada em Magistério pela Escola Estadual Professor Luis Antônio, em Natal, Débora atua como educadora há 10 anos.

debora1

Foto: Arquivo Pessoal

Hoje, ela dá aulas na Escola Doméstica e também participa de debates sobre o preconceito em sala de aula no Brasil e no exterior. Se não bastasse, a professora também lançou em 2013 seu primeiro livro infantil, com foco em histórias de inclusão, como a dela, chamado Débora conta histórias.

debora2

Foto: Divulgação

 

FONTEVia
COMPARTILHAR
Portal Raízes
Raízes Jornalismo Cultural - Portal, Revista Impressa e Programa de Televisão




COMENTÁRIOS