Existe algo melhor que o amor: uma cumplicidade

Portal Raízes

Todos nós queremos encontrar alguém cujos demônios combinem com os nossos, alguém que tem a chave para nossos bloqueios, com quem nos sentimos confiantes e nos abrimos sem medo, que ressurja nosso verdadeiro eu e com quem podemos ser nós mesmos …

É algo melhor do que um amor porque cada um descobre as partes do outro sem necessidades de palavras. Cumplicidade é atingida com essas pessoas que te agarram para não deixar que você se afaste do presente, enquanto pensa em tudo o que te espera.

“Há quem chame essas pessoas de “casa”, porque dão-lhe o calor de um abraço que conforta e o prazer de colecionar os motivos e força necessária para lidar com a vida cotidiana e fluir com a vida.”

Te fazem respirar amor e sorrir quando lembra que a coincidência sempre fará com que se encontrem, independentemente de onde estiverem, através dos olhares.

A linguagem corporal da cumplicidade

“Há olhares que dizem tudo e tudo está cheio de olhares. O que chamamos de cumplicidade é uma ligação especial que transcende o amor, que se inunda dele e o compreende. Porque o amor não é apenas amor, mas é especialmente entender.

“Eu ainda acredito que o nosso melhor diálogo foi o dos olhares. As palavras, consciente ou inconscientemente, muitas vezes mentem, mas os olhos nunca deixam de ser verdadeiros.

Se você já tentou mentir para qualquer pessoa com olhos, as pálpebras caíram, sua cortina de proteção espontaneamente abaixou-se, e permaneceram assim até que seus olhos recuperaram a obrigação da verdade.

Com as palavras tudo é mais complexo, mas ainda assim as palavras estão tentam enganar, os olhos tendem a desmentir a boca.” – Mario Benedetti

Para a cumplicidade não há segredo nos olhares, gestos ou abraços. São aquelas pessoas que sabem que não estamos bem, mesmo quando dizemos que estamos. Na verdade, provavelmente nem precisam de nossa confissão para saber que não estamos bem. Elas não são adivinhas, mas enxergam além das ilusões e aparências.

Apenas pelo ar que respiramos sabemos que a conexão é pura fantasia, o que vai além de um sincero sorriso ou um olhar sábio. Entre dois cúmplices se cria uma atmosfera que se torna uma sorte de profecia emocional que enlaça os sentimentos e corações.

Uma casa na qual as almas voam

“As pessoas pensam que uma alma gêmea é a pessoa com quem você se encaixa perfeitamente, que é o que todo mundo quer. Mas uma verdadeira alma gêmea é um espelho, é a pessoa que toma tudo o que tem reprimido, que faz você olhar para dentro reconhecendo que pode mudar sua vida. Uma verdadeira alma gêmea é certamente a pessoa mais importante que você já conheceu em sua vida, porque derruba todas as suas paredes e te acorda com estrondo.” – Comer, Rezar, Amar (Elizabeth Gilbert)

Uma alma gêmea é alguém que faz você sorrir sem dizer nada. Ela é alguém que está aqui, que não o abandona, que se orgulha do que você consegue e de quem é, e não tem vergonha de lhe dizer o que pensa ou de chamar sua atenção se você estiver errado.

Não quer dizer que não vão existir mal-entendidos ou discussões, mas até mesmo uma discussão pode derrubar nossas paredes interiores. Isso só acontece quando essa pessoa é alguém que te questiona e não está em sua vida silenciosamente, alguém que preenche todos os momentos de ternura.

A cumplicidade permite aceitar sem exigências ou hiperapegos, sem alterar a nossa essência e agradar a necessidades infantis e extremas. Então se constroem vibrações que se complementam perfeitamente.

Somar ao invés de subtrair

Dalai Lama postula , “Se você não adicionar, pelo menos não subtraia”. E a cumplicidade se trata de adicionar. Se estar com alguém significa subtrair, então é melhor pensar duas vezes. Cumplicidade permite que você seja você e faça o melhor de você. Se alguém tentar cortar suas asas, assuma que não há cumplicidade.

Um exemplo claro de cumplicidade, embora em outro aspecto, temos em John Lennon e Paul McCartney. Separadamente são grandes músicos, mas juntos formaram um dos melhores grupos da história da música moderna. O mesmo vale para relacionamentos em que há cumplicidade. Juntos, eles destacam as qualidades do outro, nos capacitam, nos fazem crescer e nos eleva a níveis nunca imaginados.

Fonte: La Mente es Maravillosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.