20 sinais de que é hora de deixar o passado e seguir em frente

Portal Raízes

“O arrependimento é inútil na vida. Está no passado. Tudo o que temos é o agora.” – Marlon Brando

Deixar de lado coisas que aconteceram no passado é difícil… é muito difícil. Fortes laços emocionais com eventos importantes em nossa vida tendem a deixar uma impressão memorável. De certa forma, pode ser positivo – relembrar um ente querido que faleceu ou refletir sobre realizações passadas. Em outras formas, não é tão positivo – reviver um relacionamento que simplesmente não deu certo ou nos torturar por causa de uma decisão idiota.

Apegar-se a coisas negativas que aconteceram no passado permite que tais eventos tenham um impacto adverso em nosso presente e futuro. É certo que pode ser difícil ignorar esses pensamentos, pois nosso cérebro tem uma maneira habilmente tortuosa de nos lembrar. Somente a autoconsciência associada a uma decisão consciente de continuar, apesar do passado, nos permitirá viver uma vida pacífica e significativa.

Aqui estão 20 sinais de que é hora de deixar o passado e seguir em frente:

1. Se as pessoas e /ou o ambiente ao nosso redor estão criando sentimentos de exaustão, é hora de seguir em frente.

2. Se perdemos a alegria e o senso de curiosidade em fazer o que antes amávamos, provavelmente é hora de encontrar outra coisa que nos inspire.

3. Se nossas crenças e ética centrais foram comprometidas por causa da situação em que nos encontramos, é hora de deixar essa situação para trás.

4. Se não estamos mais nos divertindo, é hora de encontrar algo que recrie esse sentimento alegre.

5. Se estamos fingindo uma atitude positiva quando as circunstâncias estão nos deixando infelizes, é hora de enfrentar esse autoengano e superá-lo.

6. Se estamos com medo de fazer mudanças e, em vez de nos conformarmos com nossa condição atual, é hora de abraçar esses medos e avançar de qualquer maneira.

7. Se acharmos que nossos sonhos não são mais relevantes ou possíveis, provavelmente é hora de nos lembrarmos de nosso propósito e tomar medidas concretas para que isso aconteça.

8. Se ansiamos por sentimentos de liberdade, provavelmente é porque nossa situação atual não permite isso. Considere mudar isso.

9. Se o estado atual de nossa vida não coincide com as expectativas que estabelecemos, é hora de ser proativo ao atender a essas expectativas.

10. Se tivermos mais sentimentos de tristeza do que felicidade; nos vemos chorando mais do que rindo, provavelmente é por causa de uma situação tóxica que precisa ser deixada para trás.

11. Se nossos processos de pensamento estão mais ligados às coisas do passado do que ao presente ou futuro, é hora de fazer uma mudança.

12. Se nos pegamos continuamente implorando para que alguém ou alguma situação mude para melhor, vale a pena pensar se está funcionando ou não.

13. Se uma situação atual despertar sentimentos de tédio, ressentimento ou complacência, provavelmente é hora de fazer uma mudança.

14. Se refazer as memórias causa mais dor do que conforto, é hora de seguir em frente e fazer novas.

15. Se não tivermos sucesso em corrigir padrões de comportamento que nos prejudicaram, é hora de avaliar o motivo e fazer uma mudança positiva.

16. Se nos sentirmos isolados de todas as outras pessoas; se sentimos que não estamos sendo compreendidos e aceitos; se nos sentimos desrespeitados ou desvalorizados, estamos na companhia das pessoas erradas. Provavelmente é hora de encontrar novos relacionamentos.

17. Se alguém com quem estamos nos faz interromper o desenvolvimento e / ou descoberta pessoal, pode ser hora de seguir em frente.

18. Se tentamos “fazer as coisas funcionarem” várias vezes sem nenhum progresso, é hora de avaliar a situação e fazer uma mudança.

19. Se temos feito sacrifícios continuamente pelo outro e que não foram correspondidos, definitivamente é hora de uma discussão. É possível que seja hora de nos separarmos.

20. Se negligenciamos nossos outros relacionamentos pessoais por causa de alguma pessoa ou situação, estamos prejudicando a eles e a nós mesmos. É hora de mudar isso.

A maioria das decisões de seguir em frente é difícil. Isso é especialmente verdadeiro quando essas decisões envolvem abrir mão de outro ser humano ou grupo de pessoas. É importante entender que não precisamos fazer essa transição difícil sozinhos, embora muitas pessoas se sintam desnecessariamente assim.

Se você decidir seguir em frente na vida, faça-o pelos motivos certos. Além disso, busque o conforto e a assistência de pessoas que amam e cuidam de você.

Traduzido e adaptado de Power of Positivity, por Portal Raízes

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você. Siga-nos também no Instagram Youtube.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.