22 motivos para amar Audrey Hepburn

Portal Raízes

Audrey Hepburn, conhecida por sua personalidade doce e por filmes como Bonequinha de Luxo, dentre outros. Sean Ferrer, o filho da atriz, revelou o segredo pessoal de Audrey Hepburn para o sucesso: fazer sempre o que se quis, e nunca o que os outros esperaram dela. Nascida em Bruxelas, Audrey era filha de um rico banqueiro inglês e da Baronesa holandesa Ella Van Heemstra.  Após o divórcio dos pais, mudou-se com a mãe para Londres, onde iniciou seus estudos.

Antes de conseguir o estrelato com seu primeiro filme americano, “A Princesa e o Plebeu”, 1953, quando arrebatou o Oscar de Melhor Atriz, Audrey participou de diversos filmes britânicos e franceses.  Em sua carreira de sucesso, foi ainda indicada ao Oscar de Melhor Atriz por suas atuações em “Sabrina”, “Uma Cruz à Beira do Abismo”, “Bonequinha de Luxo” e “Um Clarão nas Trevas”.

Na noite de 20 de janeiro de 1993, Hepburn morreu em seu sono em casa. Após sua morte. Os serviços funerários foram realizados na igreja de Tolochenaz em 24 de janeiro de 1993. Maurice Eindiguer, o mesmo pastor que casou Hepburn e Mel Ferrer e batizou seu filho Sean em 1960, presidiu seu funeral.

Fizemos uma seleção de imagens e de curiosidades sobre a maravilhosa Audrey Hepburn

1. Porque ela usava sapatilha e ficava maravilhosa

Audrey-Hepburn-Thismonths-style-icon-01

Audrey Hepburn recebeu um salário de 750 milhões de dólares para trabalhar em Boneca de Luxo, tornando-se o segundo maior ordenado pago a uma atriz na época, (o primeiro foi o de Elizabeth Taylor em Cleópatra.

2. Porque ela andava de bicicleta fazendo gracinhaaudrey bicicleta

3. Porque ela andava de vespa e parecia se divertir muito com issoroman-holiday-vespa

Foi lançado, em 2000, um filme biográfico – The Audrey Hepburn Story, sobre a vida da atriz, gerando muita polémica entre a crítica e os seus fãs pela escolha da atriz que iria desempenhar Hepburn: Jennifer Love Hewitt. A mesma foi rejeitada pelo público e crítica em geral. Hoje pouco ouve-se falar do filme.

4. Porque ela sabia se maquiar sozinhaAudrey Hepburn Applying Lipstick Before Academy Awards Presentation

5. Porque ela amava os animais Annex - Hepburn, Audrey_NRFPT_04

O vestido usado por Audrey em Bonequinha de Luxo foi leiloado por 800 mil dólares e o dinheiro revertido para a construção de 15 escolas para crianças pobres indianas.

6. Porque era essa dona de casa elegantíssima audrey supermercado

A atriz recebeu o Jean Hersholt Humanitarian Award (prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas), em 1993, por seu trabalho como embaixadora da Unicef. O prémio foi recebido, postumamente, pelo seu filho, Sean Hepburn Ferrer.

7. Porque ela sempre sentava com os pés pra cimapés

8. Sempre

tumblr_me0z0zvoAi1qbilh4o1_1280

9. Ou ficava pelo chão mesmo

chao

Das primeiras aparições que fez na televisão, Audrey Hepburn foi criticada pelos seus pés excessivamente grandes e descrita como demasiado alta, ossuda e máscula. Anos mais tarde, a atriz fora considerada pela elite da moda americana como o ideal de beleza e o ícone de uma figura física perfeita.

10. Porque ela amava discos de vinilaudreyrecords

Em 1990, Audrey foi homenageada de uma forma linda: o seu nome foi atribuído a uma nova espécie de tulipa.

11. Porque ela usava essa maquiagem incrívelAudrey-Hepburn-How-to-Steal-a-Million-

O clima entre Audrey Hepburn e Humphrey Bogart durante as filmagens de Sabrina era tenso e dificultava a espontânea rodagem do mesmo. O clima estava tão tenso que quase ela foi substituída por Lauren Bacall.

12. E teve um relacionamento sério com o bom gosto fashion

Durante as filmagens de O Passado Não Perdoa, Audrey Hepburn fez uma paragem para ir caçar patos no lago das redondezas. O barco afundou, e a atriz acabou sendo salva por uma fotógrafa que a avistou durante o sucedido.

13. Porque quando ela se chateava colocava um guardanapo no cabelo  chateada

14. Já foi mendigatumblr_mk3dsrn4uD1qbilh4o2_1280

15. Freiratumblr_mvv9irTqjg1qbilh4o1_1280

16. Violoncelistatumblr_mb52o3DmcH1qbilh4o1_1280

Ainda na rodagem de O Passado Não Perdoa, Audrey Hepburn ficou gravemente ferida ao cair de um cavalo. Grávida, voltou a trabalhar após 6 semanas internada, usando um colete ortopédico, mas acabou perdendo o bebê.

17. Porque, assim como a gente, namora vitrinesaudrey2 (2)

A série Gossip Girl acarreta várias influências da filmografia de Audrey Hepburn: a personagem principal, Blair Waldorf interpretada por Leighton Meester, idolatra a actriz e o seu filme preferido é Bonequinha de Luxo. O primeiro episódio foi intitulado de Roman Holiday, em português – A Princesa e o Plebeu, filme que garantiu o óscar a Hepburn na categoria de Melhor Atriz.

18. Porque ela era multitalentosaAudrey Hepburn, Breakfast at Tiffany's (1961) starring George Peppard

19. E, mesmo rica e famosa, não conseguiu esquecer Nova Yorkcbc9311e25724611_large

20. Porque também passou vergonha em fotos de casal

21. Porque era generosa, humanista, solidária e envelheceu lindamente, como nós também gostaríamos de envelhecer

O último filme da atriz foi Além da Eternidade, que marcou o fim da sua carreira e o último fracasso de bilheteiras de Steven Spielberg como diretor, que atingiu a prosperidade com Hook, protagonizado por Dustin Hoffman, Robin Williams, Julia Roberts e Maggie Smith.

22. E porque ela era naturalmente linda e radianteaudrey1

Lista de Alinne Rodrigues (Adaptação) – Publicada originalmente em Penteadeira Amarela

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.