Tem sido dias de muitas lágrimas para a classe artística brasileira, bem como para seus fãs, pois em 2022 nos despedimos de: Claudia Jimenez, Elza Soares, Milton Gonçalves, Paulinha Abelha, Jô Soares, Françoise Forton, Rolando Boldrin, Suzana Faini, Gal Costa, Roberto Luna, Erasmo Carlos, Isabel Salgado, o sertanejo Aleksandro, Ivan Gomes (o Batoré de “A Praça é Nossa”), Nádia Carvalho (a Santinha Pureza da “Escolinha do Professor Raimundo”), Isaac Bardavid (que também foi dublador), Rubens Caribé e Marilu Bueno.

Outras perdas marcantes foram dos jornalistas, Susana Naspolini, Danuza Leão, Alberico Santa Cruz (ex-diretor de jornalismo da Globo), Arnaldo Jabor e Tão Gomes Pinto, do cineasta Breno Silveira, responsável por levar para o cinema a história de Zezé Di Camargo e Luciano, “Dois Filhos de Francisco”, e da porta-bandeira e ícone do carnaval do Rio, Maria Helena, da Imperatriz Leopoldinense.

Famosos internacionais:

Kirstie Alley

O público foi impactado com o anúncio da morte da atriz Kirstie Alley, protagonista da sequência de filmes “Olha Quem Está Falando”. Ela morreu aos 71 anos em 05 de dezembro, após uma luta contra um câncer descoberto recentemente.

A Rainha Elizabeth II morreu aos 96 anos em um castelo da Escócia encerrando um reinado de 70 anos, o mais longo do Reino Unido. Com sua morte, o filho mais velho, Charles, assumiu o trono britânico. O baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins foi encontrado morto em hotel da Colômbia aos 50 anos, em março.

ELZA SOARES 


Em janeiro, Elza Soares morreu aos 91 anos no dia 20 de causas naturais. Chamou a coincidência que seu ex-marido, o craque Garrincha, também faleceu no mesmo dia e mês, mas de 1983. A cantora, uma das maiores do país, pressentiu a morte horas antes de nos deixar.

ISABEL SALGADOA ex-atleta de vôlei Isabel Salgado morreu aos 62 anos em 16 de novembro. A Isabel do Vôlei, como era conhecida, morreu no hospital Sírio-Libanês em São Paulo e a causa da morte não foi divulgada. A morte do ícone do vôlei foi confirmada por Paula Barreto através de uma troca de mensagens.

GAL COSTA E ROLANDO BOLDIN

A cantora Gal Costa morreu aos 77 anos em 9 de novembro. A artista foi uma das maiores intérpretes da MPB e estava afastada dos palcos desde setembro. No mesmo dia, aos 86 anos morreu o ator, cantor e apresentador Rolando Boldrin, que comandava o “Sr.Brasil” na TV Cultura desde 2005.

O artista teve passagens pela Globo, Record, Gazeta, Tupi e Bandeirantes ao longo da carreira, sendo o primeiro comandante do “Som Brasil” e atuando em novelas como “Os Imigrantes” (1981).

SUSANA NASPOLINI

Em 25 de outubro, aos 49 anos, morreu a jornalista Susana Naspolini. Gaúcha de Criciúma, a repórter do “RJTV” enfrentava um novo câncer, o sexto, dessa vez na bacia.

AS PERDAS DO HUMOR


Jô Soares morreu em 5 de agosto aos 84 anos de causas não divulgadas após oito dias de internação. Na carreira de aproximadamente 60 anos de carreira, atuou, escreveu e fez mais de 14 mil entrevistas em seus programas no SBT e Globo, entre 1988 e 2016.

Quinze dias depois, adeus a Claudia Jimenez, a eterna dona Cacilda da “Escolinha do Professor Raimundo”. A artista que também foi a Edileusa do “Sai de Baixo” morreu aos 63 anos de insuficiência cardíaca. Ao longo de 2022, também demos adeus a Suzana Faini, Ivan Gomes (o Batoré de “A Praça é Nossa”), Nádia Carvalho (a Santinha Pureza da “Escolinha do Professor Raimundo”), Isaac Bardavid (que também foi dublador), Rubens Caribé e Marilu Bueno.

MILTON GONÇALVES E FRANÇOISE FORTON


Outro ícone que saiu de cena foi Milton Gonçalves, aos 88 anos em 30 de maio. O artista foi vítima de complicações de um AVC, sofrido em 2020. Um dos primeiros contratados da Globo, o ator chegou a ser indicado ao Emmy Internacional e acumulou incontáveis trabalhos na TV e cinema, além de ter sido expoente do movimento negro e candidato ao governo do Rio.

MÚSICA PERDEU AINDA PAULINHA ABELHA E SERTANEJO ALEKSANDRO


Em 23 de fevereiro, aos 43 anos, a cantora Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta, não resistiu a complicações de um problema renal, que a levaram para o hospital o dia 11 daquele mês. Seis dias depois a artista entrou em coma. Em 9 de maio, seis pessoas morreram em acidente de ônibus na rodovia Régis Bittencourt. Entre eles, o sertanejo Aleksandro, dupla de Conrado. A música também perdeu Roberto Luna e Gilson de Souza.

RECOMENDAMOS






As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.