Educar filhos é um desafio e tanto, mas também é uma grande oportunidade para os pais aprenderem sobre si mesmos e sobre a arte de “construir filhos” comunicativos, inteligentes emocionalmente, felizes com eles mesmos e qualificados para viver num mundo excludente, hedonista e competitivo. Este artigo traz 6 estratégias poderosas para educar filhos comunicativos e felizes. Confira:

1 – Aprenda a escutar

Aprender a escutar é uma habilidade essencial para ensinar aos filhos a se comunicarem. Os pais devem se esforçar para ouvir seus filhos, mesmo quando eles estão se comportando mal. Dê a eles a oportunidade de explicarem suas ações e a oferecerem soluções para problemas que criaram. Ensine seus filhos, por intermédio do exemplo, a escutarem uns aos outros. Incentive-os a serem bons ouvintes e a compreenderem o ponto de vista do outro. Isto ajudará a desenvolver a capacidade de se comunicarem eficazmente e ajudará a criar laços mais fortes entre eles e o mundo.

Preste atenção no que estão dizendo e responda apropriadamente. Ao conversar com as crianças, os pais devem ouvir atentamente e repetir frases-chave para que ela se sinta ouvida. Faça perguntas apropriadas à criança e permita que ela responda. Demonstre interesse pelo que a criança tem a dizer. Os melhores conversadores são aqueles que ouvem bem.

2 – Crie uma atmosfera de Apoio

Os pais devem criar um ambiente de apoio onde os filhos se sintam à vontade para expressarem suas emoções, seus pensamentos e os seus sentimentos. Esta atmosfera deve ser livre de julgamentos e críticas. Os pais também devem incentivar os filhos a serem honestos e a mostrarem empatia com quem sofre.

A família pode ter um dia especial em cada mês para fazerem coisas juntos como um piquenique, uma sessão de leitura ou de filmes, e depois uma roda de conversa onde cada um possa ter a liberdade sem medo do julgamento, de falar sobre os suas emoções, pensamentos e sentimentos.  Isso com toda certeza ajudará seus filhos a se tornarem comunicativos e felizes.

3 – Incentive a expressão criativa

A expressão criativa é uma ótima maneira de ensinar aos filhos a se comunicarem. Os pais devem incentivar os filhos a expressarem suas emoções por meio da música, desenho, modelagem, pintura, dança, jogos, escrita ou qualquer outra forma de arte e ludicidade. Ao incentivar a criatividade, os pais podem ajudar os filhos a desenvolver a capacidade deles de se expressar de forma clara e eficaz. Isso também pode ajudar os filhos a compreenderem melhor os sentimentos dos outros.

4 – Estabeleça limites

Os pais devem estabelecer limites claros para ajudar os filhos a desenvolverem um senso de responsabilidade para com meio onde vive e se relaciona, além de ensina-los sobre as consequências de suas ações.  Isso os ajudará a desenvolverem habilidades eficazes de comunicação e a se tornarem mais autoconfiantes. Uma coisa que sempre ajuda a criança a compreender e a obedecer limites e regras, é convidá-la para ajudar na criação delas.

5 – Faça contato visual

É importante que as crianças sejam ensinadas a estabelecer contato visual com a pessoa com quem estão falando. Olhar diretamente para a outra pessoa na conversa mostra interesse e mostra respeito. As crianças precisam ser ensinadas que desviar o olhar é um sinal de desinteresse e falta de educação emocional.

6 – Fale clara e corretamente

Usar uma boa pronúncia, não falar apressadamente e usar uma boa gramática são aspectos da comunicação que os pais devem modelar para os filhos. Os pais devem prestar atenção em como seus filhos estão falando e corrigir gentilmente sem constranger. Não há necessidade de corrigir erros na frente dos outros, pois isso pode fazer com que as crianças se sintam compungidas e humilhadas.

As crianças devem ser treinadas para não entrarem em uma conversa só porque elas querem falar naquele momento. É importante que os pais controlem esse comportamento e ensinem o autocontrole aos filhos. Quando uma criança interrompe, o pai deve interromper a conversa, dizer com firmeza à criança que interrompeu para esperar sua vez e, em seguida, retomar a conversa de onde parou.

Se os pais demonstrarem consistentemente como entrar educadamente em uma conversa, com o tempo, as crianças aprenderão a prática. Os pais devem mostrar aos filhos como abordar o grupo silenciosamente, sorrirem para os que estão conversando, ouvirem o que as pessoas estão dizendo e esperarem até que concluam sua falas antes de se pronunciarem.

 

RECOMENDAMOS






As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.