Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

Portal Raízes

Paulo é dono do restaurante Terceira Aula, em Vila Velha (ES), e em meio ao caos da pandemia que estamos vivendo, decidiu abrir seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua.

“Meu restaurante está de portas abertas. Hoje (24), nada ali será comercializado em valores. Tudo será gratuito até as cinco horas da tarde”, disse Paulo Roberto Moreira Leite.

O anúncio foi compartilhado nas redes sociais, onde Paulo convida os internautas a passarem o vídeo adiante.

“Para todas as pessoas que moram na rua, pessoas que catam papelão, que não tem condições de ir no supermercado comprar alguma coisa pra comer, que pedem dinheiro no sinal, que vendem bala no sinal”, afirma, segurando o choro.

A ideia surgiu quando no dia anterior, à caminho de casa, Paulo testemunhou duas crianças, uma mãe e um pai abrindo um cestão de lixo e comendo as sobras que encontraram por lá, e isso o comoveu muito.

De acordo com o empresário, essas pessoas pediam comida no semáforo quando havia um maior fluxo de carros em Vila Velha. Com as medidas de contenção e autoisolamento decretadas por conta do coronavírus (Covid-19), as ruas estão vazias e eles não têm para quem pedir comida.

“Quero fazer a minha parte. [Por favor], passem esse vídeo adiante, para que aqueles que realmente precisam, que estão com fome, possam ter a oportunidade de se alimentar”, pede.

Paulo revela ainda que espera que sua iniciativa inspire outros restaurantes a fazerem o mesmo. Veja o vídeo:

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você.

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.