Avó de 97 anos iniciou o seu canal de culinária em quarentena

Portal Raízes

Tudo começou com uma sessão ao vivo no Facebook, como uma maneira de se conectar com alguns amigos socialmente distanciados.

De repente, Lucy Pollock, uma cozinheira doméstica de 97 anos de Latrobe, tornou-se uma sensação nas mídias sociais.

Há algumas semanas, Mary Ellen Raneri, aceitou a sugestão de uma amiga de que ela compartilhasse online o conhecimento culinário de sua mãe.

Durante a primeira sessão, Pollock acompanhou seu público através das etapas para fazer bolos de Páscoa, com Raneri como assistente. Ela ficou tão popular que, na semana seguinte, as duas voltaram ao Facebook para fazer bolinhos de nozes.

Posar para a câmera nunca foi uma preocupação para a senhora de 97 anos, a única coisa que a preocupa é a qualidade do produto que elas oferecem e os detalhes nas “aulas” que ela começou a “lecionar”.

“Perguntei qual era a parte mais difícil das filmagens e ela disse: Nada. Eu estava mais preocupada com o fermento. As pessoas tendem a superaquecer a água. Minha mãe bateu na nossa cabeça para não superaquecer a água e queimar o fermento”, disse Mary Ellen.

“Ela tem o toque ‘

O que torna a cozinha na cozinha com Lucy tão atraente?

“Lembra daquela sensação que você teve na cozinha com sua avó, quando ela lhe entregava um biscoito?” Raneri disse. “As pessoas querem um sentimento como esse agora – algumas horas na cozinha se divertindo”.

“Quando estamos cozinhando, eu sei que isso me faz sentir normal novamente”, disse ela.

As próprias receitas têm um elemento de nostalgia e conforto, diz Pollock.

“São as receitas antiquadas que você não encontra mais”, disse ela. “Minhas receitas são muito preciosas – para mim são inestimáveis.”

Depois, há também a alegria de assistir a uma mestre no trabalho.

“Eu cozinho bem, mas ela tem o toque. Observando as mãos dela, é como um artista trabalhando”.

“Foi ótimo ver as mensagens e comentários que recebemos durante a primeira transmissão ao vivo. As pessoas mencionavam todos os tipos de receitas que também haviam passado para suas famílias”, disse Mary Ellen.

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.