Chica Xavier, atriz de ‘Sinhá Moça’ e ‘Renascer’, morre aos 88 anos

Portal Raízes

Conhecida por papéis marcantes em novelas como “Sinhá Moça” e “Renascer”, a atriz Chica Xavier, morreu na madrugada deste sábado (8) aos 88 anos, vítima de câncer de pulmão. Segundo informações do G1, ela estava internada no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, e tinha câncer. A morte foi confirmada pelo neto Ernesto Xavier.

Chica Xavier como Bá, em Sinhá Moça – Foto: Reprodução

Ela nasceu em salvador, e ao longo de seus 60 anos de carreira, tornou-se um dos maiores símbolos da representatividade negra na classe artística brasileira. Atuou em novelas como “Dancin’ Days”, “Pátria minha”, “Cara & Coroa”, “O rei do gado”, “Força de um desejo” e “Esperança”. Seu trabalho mais recente na TV foi “Cheias de charme” (2012).

Chica Xavier na novela “Força de um desejo” — Foto: Divulgação/Globo
Chica Xavier em cena de “Duas Caras” com Renata Sorrah e Eri Johnson — Foto: João Miguel Junior/TV Globo

Chica participou de 26 novelas, 11 minisséries, 10 programas especiais, além de 11 filmes. Sua carreira foi repleta de talento e dedicação, é uma grande perda para o mundo artístico.

Chica Xavier com Marcos Palmeira, Chica Xavier e Cosme dos Santos em gravação de cenas de “Esperança” — Foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.