Como fazer queijadinha em casa – super fácil

Portal Raízes

Aposto que você acha essa quitanda uma delícia e nunca pensou em fazer em casa por pensar que fosse difícil, mas aqui estamos, para trazer essa receita super fácil para deliciar seus dias. Confira:

Ingredientes:

  • 200g de coco ralado em flocos
  • 200ml de leite de coco
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 ovos
  • 1/2 xícara de queijo parmesão ralado grosso
  • 1 colher de sopa cheia de manteiga

Modo de Fazer:

  1. Coloque o coco ralado em um recipiente e misture com o leite de coco. Reserve. Bata os ovos e junte o leite condensado. Depois coloque a manteiga e mexa bem.
  2. Adicione o coco e o queijo. Misture até que fique homogêneo. Coloque em forminhas individuais com a ajuda de uma colher (pode ser forminhas de cupcake ou empada).
  3. Pra finalizar, salpique coco ralado por cima. Para decorar e ficar mais crocante. Leve ao forno preaquecido à 200 graus por 30 minutos ou até que fiquem douradas.

Obs: não desanime se você não tiver forminhas individuais, você pode fazer as queijadinhas em forminha de papel comum (coloque em 2 forminhas de papel, dentro da assadeira), ou simplesmente despeje na assadeira.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.