Criança de 12 anos que faz resenhas de livros é alvo de racismo

Portal Raízes

Com apenas 12 anos, Adriel, de Salvador (BA) é amante de literatura, e com seu perfil “Adriel, um normal…” (@livrosdodrii) ele publica resenhas de seus livros e séries prediletos, além de incentivar o hábito da leitura.

Mesmo sendo apenas uma criança compartilhando seu amor pelos livros, Adriel foi vítima de racismo na noite desta quarta-feira (27), onde recebeu uma mensagem privada que tinha tudo para fazê-lo querer desistir: “Porco gordo. Eu achava que Preto era pra ta cavando mina nao lendo. Para de se trouxa e volta para a sua realidade seu merda. Voce foi criado para ser preto e pobre”.

Mas Adriel não desistiu. As mensagens tornaram-se de conhecimento de sua mãe, que monitora seu perfil, e foi divulgada, tornando-se imediatamente viral.

Adriel revelou que apagou o nome do agressor para não correr risco de expor a pessoa “mesmo que ela tenha me mandado essa mensagem de ódio, porque na minha opinião, eu acho que ódio não se resolve com ódio, por isso não expus, mas eu já denunciei e minha mãe já denunciou”.

O garoto amante da literatura revelou ainda como se sente com o carinho que recebeu das pessoas que o começaram a seguir “Renova minhas energias! Me faz querer produzir mais conteúdo, obrigado por realizarem meu sonho”. Adriel tinha 300 seguidores na manhã de quarta-feira, hoje ele já tem mais de 150 mil.

Adriel não conteve suas emoções ao ver que pessoas famosas e editoras o notaram e começaram a seguir seu perfil, “eu queria que isso não fosse nessas circunstâncias, eu não queria ter crescido por conta do ódio gratuito que as pessoas me mandaram, queria que fosse em circunstâncias melhores, mas estou muito feliz pelo apoio”.

Ajude Adriel a continuar realizando seu sonho, vamos fazer parte e ajudá-lo a provar que o lugar dele é onde ele quiser, siga-o no instagram clicando aqui.

Com informações de Popeek

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você. 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.