Esse disco de carne é uma delícia e super fácil de fazer

Portal Raízes

A quarentena está deixando todos nós com saudades daquelas comidinhas que só comíamos de vez em quando na rua. Para amenizar essa saudade, que tal tentar fazer essa deliciosa receita de disco de carne em casa?

Ingredientes

1 kg de carne moída duas vez
2 pães amanhecidos
1 cebola média
3 dentes de alho
2 pimentas de cheiro
1 colher de pimenta do reino a gosto
2 colher de sal
4 ovos
1 xícara de chá de farinha de rosca
1 xícara de chá de farinha de trigo
1/2 pimentão
Cheiro verde a gosto

Modo de Preparo

Deixe o pão de molho na água por 5 minutos, escorra a água e coloque o pão no liquidificador, acrescente a cebola, o alho, as pimentas de cheiro, o pimentão e o cheiro verde, bata até formar uma mistura homogênea. Despeje parte dessa mistura na carne, coloque aos poucos e misture com as mãos, finalize o tempero com o sal e a pimenta do reino. Com as mãos, modele bolinhas de carne, achate as bolinhas e modele as bordas para que não fique muito finas, passe o disco na farinha de trigo, depois nos ovos batidos, depois na farinha de rosca, se gostar, pode passar nos ovos novamente e depois na farinha de rosca para ficar mais crocante. Frite por imersão, em óleo bem quente. Sirva com limão.

Pra quem tem airfryer, preaqueça a fritadeira por 5 minutos na temperatura máxima, depois coloque os discos de carne por mais 15 min. Abra na metade do tempo para ver se precisa virar. 

Dica: se você quiser, pode rechear com muçarela que fica uma delícia.

Essa receita é do canal Adilson Figueira, confira abaixo:

__

Se você gostou da receita, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.