Garoto Herói: Arriscou a própria vida para salvar bebê cervo em enchente

Portal Raízes

Muitas vezes quando pensamos em heróis, nos lembramos dos filmes, com pessoas cheias de superpoderes. Na vida real, ser herói é bem mais incrível e difícil do que o retratado, qualquer um pode ser herói, para isso é preciso vestir a capa da coragem, e foi isso que esse garoto fez, ao ver um filhote de cervo sendo engolido por uma enchente em Bangladesh.

A história aconteceu em 2014 e até hoje no emociona. Não é qualquer um que pensa em se arriscar para salvar um animal, na verdade a maioria das pessoas assistiria esse desastre acontecer de longe. A coragem do garoto Belal é o puro retrato de um ser humano com coragem no peito.

O registro foi feito por Hasibul Wahab, um fotógrafo de vida selvagem, que também se impressionou com o heroísmo do garoto.

Durante o resgate, as pessoas que presenciaram o momento não tinham certeza se Belal conseguiria sobreviver, porque o rio estava se movendo muito rapidamente e o puxando rio abaixo.

Mas ele finalmente chegou ao outro lado do rio e devolveu o filhote de cervo para sua família, que provavelmente o havia perdido quando Noakhali, em Bangladesh, recebeu uma tempestade torrencial, que causou inundações em rápido crescimento.

Para ser herói é preciso coragem, não superpoderes.

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você. Siga-nos também no Instagram e Youtube.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.