Jennifer Aniston revelou a verdadeira causa de seu divórcio com Brad Pitt e não foi Angelina Jolie

Portal Raízes

Já se passaram mais de dez anos desde que Jennifer Aniston e Brad Pitt se divorciaram; no entanto, alguns fãs ainda esperam que eles finalmente se encontrem.

Enquanto a maioria dos fãs suspeitava que Angelina Jolie tinha algo a ver com a sua separação, Jennifer Aniston revelou que seu casamento entrou em colapso por razões completamente diferentes.

Em uma entrevista logo após a separação, Aniston revelou apenas que havia razões complicadas pelas quais as coisas não funcionaram com Pitt.

Jennifer e Brad não vinham tendo um bom relacionamento

A atriz explicou como as pessoas geralmente se separam à medida que amadurecem na vida, e se o marido e a esposa não crescem juntos, correm o risco de divergir um do outro. Para Aniston, foi exatamente isso que aconteceu entre ela e Pitt, que se casaram durante os tempos de transição de suas vidas.

“É apenas complicado, relacionamentos são complicados. Vocês são duas pessoas que estão em constante evolução, e haverá momentos em que essas mudanças entrarão em conflito… Há todos estes níveis de crescimento, e quando vocês deixam de crescer juntos, é quando ocorrem os problemas” a atriz compartilha.

Com base na entrevista de Jennifer Aniston, parece que seu casamento com Pitt estava desmoronando muito antes de ela conhecer Angelina Jolie.

O crescimento de ambos é realmente muito importante para manter um casamento, para que o convívio dê certo é necessário um esforço de ambas as partes para que evoluam juntos e sigam no mesmo patamar. Mas quando a vontade de crescer lado a lado desaparece, o fim já está decidido.

Leia: Se você não seguir este conselho de Stephen Kanitz, o divórcio será inevitável.

Informações: Neuva Mujer

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.