Neste hotel os hóspedes dormem em bolhas na selva em meio a elefantes resgatados

Portal Raízes

Texto de Gabriela Glette, via Hypeness

Paraíso dos amantes de natureza e belas praias, a Tailândia já figura como destino preferido dos aventureiros há alguns anos. Com hospedagens para todos os gostos e bolsos, o país também possui diversas reservas ambientais e passeios onde os turistas podem entrar em contato com a natureza salvagem.

No entanto, para a experiência ser ainda mais completa, decidiram criar um hotel onde os hóspedes dormem em bolhas na selva em meio a elefantes resgatados.Esses quartos não convencionais são chamados de Jungle Bubbles e ficam no norte da Tailândia, no Anantara Golden Triangle Elephant Camp & Resort.

As suítes são feitas com tecido de poliéster de alta tecnologia transparente que permite aos visitantes ver seus arredores sem restrições. Medindo cerca de 22 metros quadrados, as acomodações possuem cama king-size, sala de estar e banheiro espaçoso, que, logicamente, não é transparente. São inúmeras comodidades que o resort propõe, entre elas a possibilidade de jantar no próprio quarto, para que desta maneira os hóspedes não percam nem um minuto da estadia sem observar os elefantes.

Cerca de 60 elefantes resgatados das ruas vivem hoje neste santuário, onde recebem os devidos cuidados e são respeitados como sempre deveria ter sido. Como era de se esperar, o preço que se paga por uma diária neste paraíso são U$ 585 – cerca de 2000 mil reais. Entretanto, é preciso concordar que esta será a noite mais inesquecível de sua vida!

Elefantes e maus tratos

Um dos animais mais apaixonantes da natureza, os elefantes deveriam ser reverenciados, e sobretudo, respeitados. Nas últimas décadas, a população de elefantes diminuiu brutalmente, resultado da perda de seu habitat e da caça ilegal. No fim de 2019, em decisão histórica o Camboja passou a proibir passeios de elefante, sinalizando um avanço no que diz respeito ao cuidado com estes grandiosos animais. A decisão começa a valer na prática a partir de 2020.

Texto de Gabriela Glette, via Hypeness

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.