Os momentos mais difíceis eu passei sozinho

Thálitha Miranda

Os momentos mais difíceis eu passei sozinho, enquanto todo mundo pensava que eu estava bem, eu não tive forças para pedir ajudar, eu estava esgotado, eu queria que alguém notasse a minha dor, mas no fundo eu sabia que isso não era obrigação de ninguém, eu precisei descobrir por conta própria como ser minha melhor ajuda, minha melhor companhia.

Os momentos mais difíceis eu passei sozinho, e acredite se quiser, foi o melhor que me aconteceu. Sozinho eu aprendi o valor da liberdade e da independência, agora eu sei que sou capaz de cuidar de mim mesmo, e consigo aproveitar a presença de outras pessoas em sua completa diversão e prazer. Eu descobri minha liberdade de fazer o que eu quiser, quando quiser, sem ninguém me julgando e me atrapalhando a tomar as minhas decisões.

Sozinho eu aprendi a me aventurar, eu aprendi que não ter companhia para fazer algo que eu ame não é motivo para desistir. Eu aprendi a compreender cada ser humano como único, com defeitos e qualidades que o fazem ser quem é, e aprendi que isso é lindo, e que não devo cobrar dos outros como não quero que cobrem de mim.

Sozinho eu aprendi a desejar aprender e ser melhor, eu tive tempo para descobrir o que alimenta minha alma, e eu tive tempo para imaginar uma melhor versão de mim mesmo e buscá-la. Eu tive tempo para identificar meus defeitos e aprendi a lidar com eles.

Sozinho eu aprendi a ser eu mesmo, a não mentir para mim. Eu aprendi a não ser alguém que não sou só para agradar os outros, eu aprendi que me admirar e me respeitar é muito melhor do que odiar cada pedaço do meu ser.

Os momentos mais difíceis eu passei sozinho, e foi uma importante lição de vida. Todos temos altos e baixos em nossas vidas, algumas vezes ficamos desesperados por ajuda, e sozinhos descobrimos que a ajuda está dentro de nós.

__

Texto exclusivo para o Portal Raízes. É proibida a reprodução parcial, ou total, sem a nossa prévia autorização. (Lei Nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998).

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Thálitha Miranda
Thálitha Miranda, 22, libriana, co-produtora do Portal Raízes