“Quem aplaudiu meu fracasso, comece a aplaudir minhas vitórias” – Fábio Asssunção

Portal Raízes

Frequentemente alvo de críticas e piadas, o ator Fábio Assunção vem provando, em suas redes sociais, que se tornou um novo homem. Em vídeo publicado em seu Instagram o ator abriu seu coração, com uma aparência mais leve, mais feliz, e em conexão com o seu poder superior.

O seu desabafo durou mais de 17 minutos, sob o calor do sol, Fábio revelou como está se sentindo melhor com sua mudança de hábitos, após deixar de beber e começar a se alimentar melhor, além de compartilhar sobre a transformação que está vivendo.

“Eu fiz uma mudança na minha vida, com alimento mais saudável, que me preenche, que me deixa mais leve. Isso, claro, transformou também a minha mente, deixando ela mais leve, mais produtiva”, contou.

Sua mudança de hábitos fez com ele perdesse 28 kg. “Convicto que esse é o caminho, eu sei que fazendo isso vou estar me protegendo de quem está pelas esquinas esperando que eu engorde, torcendo para que eu fique inchado, para que eu volte a beber, a colocar uma bebida alcoólica na minha boca. Coisas que, no meu caso, me destroem. E eu não permitirei mais isso. Essa é minha busca.”

Ele ainda deixou claro que não esquece as coisas pelas quais passou, e que ter ciência e assumi-las faz parte da evolução, aproveitou ainda para pedir que as críticas se transformem em aplausos.

“Gostaria que todas as pessoas que aplaudiram o meu fracasso, comecem a aplaudir as minhas vitórias, porque me aplaudindo vamos poder crescer juntos. Faço isso porque mereço a alegria, o bem-estar, a felicidade, a prosperidade e, principalmente, faço isso pela minha família e pelos meus filhos. Para que nunca o sorriso saia do rosto dos meus filhos. Que eu seja uma referência positiva e um grande orgulho para eles porque eles merecem. Faço isso também porque não penso a vida individualmente, penso nela coletivamente. Faço isso também por todos vocês”. Confira o vídeo abaixo:

View this post on Instagram

Envio esse momento de conexão com o universo a quem deseja a vida plena, como retribuição e gratidão pelo caminho que me foi apresentado. Que chegue a todos aqueles que estejam procurando por um raio de sol. Muitas vezes somos forçados a olhar para as sombras, mas o foco é o Alto, que nos ilumina e transforma e entra em nossas vidas curando nossas aflições e angústias. Com este vídeo, te saúdo e te sirvo. Receba em paz. (gravado em 31/maio/2020 às 11H). (***** estou tentando ler os comentários. Li muitos mas impossível ler todos. Obrigado a todos e todas pelas mensagens, pelos que compartilharam. Alguns comentários falando sobre candomblé. Não sou Candomblecista. Sou iniciado no culto tradicional do Ifismo / Obátàlá, pelas mãos do meu sacerdote Obaala Oluwo Olori Obátàlá Ifasina Willer de Almeida, da família Adesanya. Com todo respeito, nenhum outro sacerdote que não seja o meu está autorizado a falar em meu nome.)

A post shared by Preta Ferreira (@fabioassuncaooficial) on

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.