Prevenção ao suicídio e tratamento da depressão

Se você está com estes 10 sintomas, você precisa urgente de um terapeuta, cuidado

Portal Raízes

O psiquiatra, Augusto Cury nos alerta que a nossa saúde mental está péssima: “No mundo todo, e não apenas no Brasil, a saúde mental está péssima. Tomamos o caminho errado. Não sabemos nos interiorizar, filtrar estímulos estressantes, proteger a emoção. Uma em cada duas pessoas desenvolverá um transtorno psiquiátrico. Estamos falando em mais de três bilhões de pessoas”. Dentre os transtornos mentais , o mais preocupante é a depressão. Pois, mais 90% das pessoas que optaram pelo suicídio apresentaram quadros moderados e graves de depressão. A Organização Mundial de Saúde, explica que a depressão precisa ser vista e tratada urgentemente como um problema de saúde pública.

Países que se dedicam ao tratamento da depressão, como a Inglaterra, por exemplo, têm se destacado na queda do índice de surto-psicóticos, transtornos do pânico e do suicídio.

A depressão é a Síndrome Amotivacional: uma falta de sentido para tudo. No Brasil atinge 11 milhões de pessoas, quase 6% da população. É o número 1 com maior prevalência da doença na América Latina, o 2º nas Américas, ficando atrás apenas dos estados unidos.

A seguir, compilamos alguns hábitos de pessoas que estão desenvolvendo um quadro de depressão e geralmente não se dão conta disso. Se você identificar muitos desses hábitos em você, é hora de você procurar um tratamento com um profissional da saúde mental, primeiro um psicológico que fará o diagnóstico e se for moderado ou grave, vai encaminhá-lo para um psiquiatra. Confira:

1 – Instabilidade do sono: numa semana tem insônia na outra dorme demais.

2 – Sofrimento intenso(quando a dor psíquica é grande, a pessoa se sente como se fosse uma estrela prestes a explodir)

3 – Angústia: sensação de coração inflado ou esmagado, sensação de sufocamento na garganta.

4 – Vontade de chorar a qualquer momento (não consegue mais controlar as emoções, o choro escorre sem grande motivo aparente).

5 – Desânimo: uma sensação de falta de sentido para tudo, uma descrença em todos.

6 – Falta de vontade de fazer atividades recreativas: nada motiva, nada inspira, tudo parece inútil e enfadonho.

7 – Isolamento (não quer ficar só, mas também não quer ver ninguém).

8 – Automutilação (se cortar ou se queimar para que sentir alívio na dor psíquica causando dor física).

9 – Falta de apetite extrema: os alimentos não chamam a atenção nem por sua aparência, cheiro ou sabor. Quando força, até enjoos sente.

10 – Ideações suicidas(Eu quero morrer; A vida não tem sentido; Ninguém liga pra mim; Se eu desaparecer ninguém vai notar; Eu preferiria estar morto; Eu não sou tão forte quanto você; Eu não aguento mais; Eu sou um peso para os outros; Eu sou um perdedor; Todos serão mais felizes sem mim; Ninguém me entende; Eu queria dormir e nunca mais acordar).

Em suma:

É claro que num momento ou outro, todos nós, vivenciamos alguns destes sintomas ou muitos deles ao mesmo tempo. Entretanto, o que caracteriza um quadro depressivo que precisa da assistência de um terapeuta, é a constância, é a reincidência, é a conformidade como sendo normal dentro da rotina. Lembre-se, a repetição faz marcas até em pedras. Por isso, faça um ‘autoexame’ de emoções, de sua saúde mental, de seus pensamentos e sentimentos e se permita ser ajudado. Se permita procurar ajuda.

Se você tiver grande resistência em buscar ajuda de um profissional da saúde mental, você pode buscar tratamentos alternativos e naturais para que o seu cérebro volte a produzir os hormônios necessários à sua felicidade: como oxitocina e serotonina. Você pode se envolver numa prática física como corrida, dança, natação, artes marciais; você pode se dedicar, ao menos uma vez por semana, à meditação, à Yoga, às artes, ou até mesmo a leitura de poesia ou à musicoterapia, em casa mesmo.

E se, mesmo depois de dedicar-se a um tratamento natural, você continuar se sentindo mal, procure a ajuda de um profissional. Compreenda, há pessoas que dedicam suas vidas ao estudo para terem a oportunidade de aliviar o sofrimento de outras. Peça ajuda. Não se isole na dor.  Vamos juntos!

Leia mais sobre depressão aqui:

  1. Nossa Saúde Mental Está Péssima – Por Augusto Cury
  2. Esgotamento psicológico: Nem sempre é fraqueza, às vezes é por ter sido “forte” demais

  3. Nova pesquisa diz que a depressão não é uma escolha, é uma forma de dano cerebral

  4. “A depressão é o último estágio da dor humana” – Por Augusto Cury

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.