Apenas 1% das pessoas consegue passar nesse teste. Você consegue?

Portal Raízes

Muitas das vezes nos consideramos super inteligentes e observadores, alguns teste existem para tirar a prova disso. Esse, no entanto, é um pouco mais difícil do que muitos por aí, e exige que tenha uma memória fotográfica, a qual apenas uma parcela muito pequena da população possui.

É hora de saber se você faz parte da elite intelectual.

Olhe para os pontos vermelhos nesta primeira imagem. Tente se lembrar de onde eles estão, você vai precisar deles mais tarde.

Agora tente memorizar onde todos os pontos vermelhos estão nesta segunda imagem (em cima dos que você já memorizou)

Memorizou?

Então, quando você junta todos os pontos vermelhos da primeira e segunda imagem, o que eles formam? Tente conectá-los em sua mente.

Se você conseguiu formar alguma coisa, desça a página para ver se o resultado está correto.

Bem, se você faz parte de 1% dessas pessoas, então você descobriu que os pontos se juntam para formar a letra G, como pode ser visto abaixo.

Se sim, é possível que você tenha memória fotográfica, embora o teste básico não tenha nenhum rigor científico. Há relatos de pessoas com memória fotográfica que conseguem se lembrar de todos os detalhes de um dia aleatório vivido há 10 anos, ou decorar completamente todos os livros de Shakespeare.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.