Escolha uma borboleta e descubra quais pensamentos dominam seu subconsciente

Portal Raízes

As borboletas são animais muito populares em diferentes mitologias e lendas. Elas são consideradas a expressão da alma humana.

Hoje, trazemos um teste muito especial com esses incríveis animais. Acima estão representadas 9 diferentes borboletas em um fundo preto. Este fundo representa a escuridão que existe ao seu redor, como uma prisão, impedindo-o de ser fiel a si mesmo.

A borboleta que você escolher o ajudará a descobrir quais pensamentos dominam seu subconsciente, ajudando-o a se libertar da escuridão e encontrar a luz em sua vida.
Admire as 9 borboletas na imagem e escolha a que mais ressoa com você. Abaixo estão os resultados de cada uma delas, encontre a que escolheu e reflita sobre a mensagem que traz para você.

Borboleta 1 – Pensamentos de restrições

Essa borboleta representa aquelas pessoas que desejam ser livres acima de tudo e que lutam verdadeiramente por isso. No entanto, acabam encontrando dificuldades em se expressar autenticamente, sentem que existe algo ou alguém que deseja controlá-las, encaixá-las em um padrão preestabelecido.

O maior desafio enfrentado por essas pessoas é essa dificuldade em não conseguir se expressarem corretamente, porque existe um fator externo agindo contra sua vontade.

Borboleta 2 – Pensamentos sobre dualidade e da confusão

Se você escolheu a borboleta número 2, sua vida sempre repete um padrão de dualidade, e você se encontra constantemente em dúvida, raramente conseguindo tomar alguma atitude sob pressão.

Uma situação constante em sua vida é “ter que escolher um lado”, quando seus amigos ou familiares se desentendem, o que te faz muito mal. Talvez seja o momento de se colocar em primeiro lugar e fazer suas escolhas de vida baseada apenas em seu próprio bem-estar, e não em como outras pessoas vão percebê-lo.

Borboleta 3 – Pensamentos sobre a rotina

Você é uma pessoa que tem muita dificuldade em fazer mudanças, por mais que o levem a uma vida melhor. Você enxerga conforto em sua rotina, e por mais que às vezes possa se cansar, ainda prefere a monotonia ao desconhecido.

Abandone sua zona de conforto e abrace as oportunidades que a vida lhe oferece.

Borboleta 4 – Pensamentos sobre segredos

Você possui um grande segredo que nunca compartilhou com ninguém. Pode ser um erro passado ou uma grande frustração. De qualquer maneira, esse segredo o consome de dentro para fora. É importante que você trabalhe em seu medo e encontre uma maneira de revelar essa questão, para que possa viver uma vida de paz e tranquilidade.

Borboleta 5 – Pensamentos sobre amor inesperado

Você é uma pessoa muito discreta, até mesmo quando se trata de amor. Dificilmente expressa sinais de que está apaixonado por alguém, porque sente muito medo de se abrir dessa maneira. Por esse motivo, quando seu amado está se aproximando, você acaba o ignorando, por conta de sua insegurança.

No entanto, para encontrarmos aquilo que realmente nos faz feliz, precisamos arriscar. Comece amando e confiando mais em si mesmo. Acredite que você é uma pessoa incrível e merecedora do melhor que a vida pode oferecer. Com o tempo, você começará a acreditar nisso e transformará sua vida.

Borboleta 6 – Pensamentos sobre incompreensão

Você possui uma grande criatividade. Sente-se capaz de se expressar de diferentes maneiras através da arte, mas as pessoas raramente compreendem as mensagens que transmite. Às vezes, essa confusão também o atinge, você sabe que deseja transmitir algo, mas não sabe exatamente o quê.

Uma maneira de se ajudar a desenvolver um maior autoconhecimento é praticar atividades como meditação e respiração.

Borboleta 7 – Pensamentos sobre sinceridade e honestidade

Honestidade e sinceridade são as características que você mais valoriza. Você é uma pessoa honesta com todos aqueles ao seu redor, e é um exemplo para as pessoas com as quais convive. No entanto, sua sinceridade muitas vezes pode parecer “dura” demais.

Quando estiver conversando com alguém, tente transmitir suas palavras com bondade e um sorriso no rosto. Por mais que valorize a sinceridade, você ainda pode fazer isso de uma maneira gentil.

Borboleta 8 – Pensamentos sobre perfeição

Você possui um desejo muito forte de perfeição e se esforça para fazer tudo em sua vida o mais perfeito possível, ignorando seus limites pessoais. Essa cobrança afeta diretamente sua qualidade de vida, deixando-o sempre cansado e insatisfeito.

Ao invés de buscar a perfeição, esforce-se para fazer o seu melhor e fique contente com isso. Você nunca conseguirá ser perfeito, mas sempre pode ser “melhor do que ontem”.

Borboleta 9 – Pensamentos sobre controle

Se você escolheu o número 9, sente uma grande necessidade de possuir controle sobre todas as situações de sua vida. Muitas vezes, você deseja que as pessoas façam tudo aquilo que deseja, e seguindo as suas recomendações, mesmo sabendo que nem tudo cabe a você.

Seu hábito de sempre agir como chefe pode ser prejudicial para seus relacionamentos pessoais, porque nem todas as pessoas aceitam esse tipo de comportamento. Pratique mais a humildade em sua vida, dessa maneira seus relacionamentos serão fortalecidos e você viverá uma vida mais feliz. Aproveite a vida e abandone a necessidade de sempre estar no controle.

Via Dicas pra você

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.