Teste de personalidade: o homem está de frente ou de perfil?

Portal Raízes

Jogos visuais e ilusões de ótica, além de serem divertidos por causa do seu ar de engano, podem nos fazer refletir também. Analisando quais detalhes atraem a nossa atenção, podemos entender melhor a maneira como exploramos a realidade e, portanto, também as nossas prioridades.

Neste caso, propomos uma ilusão ótica bastante simples, que não requer muita observação. É, sem dúvida, o rosto de um homem, mas você pode vê-lo de duas maneiras diferentes. O que você escolher revelará algo sobre a sua personalidade.

O homem da imagem está de frente ou de perfil? Se você vê….

1 – O homem posicionado frontalmente

Isso significa que seu cérebro se concentra muito nos seus olhos. Isso indica que você é uma pessoa direta e sincera, especialmente quando se trata de expressar um julgamento positivo ou negativo.

Você tem uma mente aberta e gosta de conhecer pessoas novas, mas às vezes sua intuição te deixar em guarda muito cedo com as pessoas negativas, e você pode ser muito duro porque não gosta de ser manipulado.

Em geral, no entanto, você não é desconfiado e sempre tem uma atitude positiva.

2 – O homem de perfil

Significa que seu cérebro está focado na boca e no nariz, evitando assim o contato com os olhos. O que isso significa? Certamente você é caracterizado por uma boa dose de timidez, mesmo que seja seguro de suas habilidades.

Em geral, você não gosta de ser o centro das atenções, e isso deixa você desconfortável quando se trata de conhecer novas pessoas. Mas isso também tem alguns pontos positivos, porque você pode fazer relacionamentos mais íntimos e verdadeiros ao invés de conhecer mil pessoas superficialmente.

Fonte: Olha Que Vídeo

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.