Quantas vezes você já se pegou dizendo “não se fazem mais bons programas como antigamente”, pois é, se você cresceu nos anos 1990, essa incrível notícia servirá como um convite a uma viagem no tempo, diretamente para sua infância: a TV Cultura disponibiliza todos os episódios do Castelo Rá-Tim-Bum em canal no youtube.

E a notícia vem com uma importância a mais, se você tem filhos e sempre quis que eles consumissem um pouco mais das coisas da sua época.

Criado pelo dramaturgo Flavio de Souza e pelo diretor Cao Hamburguer, os mais de 90 episódios do Castelo produzidos entre 1994 e 1997 chegaram a alcançar 12 pontos de audiência em média, a maior entre qualquer programa da TV Cultura, colocando o programa na vice-audiência da época.

Em 2013, uma pesquisa da BBC elegeu a TV Cultura como a 2a melhor programação de TV do mundo, tendo o Castelo Rá-Tim-Bum como um dos seus mais importantes programas. Nino, Dr. Victor, Morgana, Zeca, Biba e Pedro, além do Gato Pintado, Godofredo, Celeste, o som dos instrumentos os poemas e as perguntas estão todas lá – é só acessar para aprender tudo de novo.

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você.

RECOMENDAMOS






Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.