7 maneiras comprovadas cientificamente de ficar mais bonita e atraente sem gastar nada

Ao contrário do que afirmava Tom Jobim, não só é possível ser feliz sozinho como também é recomendável aprender a gostar de passeios solitários. Se você está decidido, porém, a abandonar a vida de vela, siga estas sete dicas comprovadas cientificamente para ser uma pessoa mais bonita e atraente sem pagar nada.

1. Seja visto com seus amigos

Há evidências científicas de que estar em um grupo torna os membros individualmente mais bonitos aos olhos dos outros. A explicação é que nossos cérebros tiram uma espécie de “média” da beleza do grupo, e até os mais desajustados saem em vantagem perto dos bonitões.

2. Seja você mesmo

Se você é do tipo que faz coreografias estranhas ouvindo música sozinho no quarto, essa não é a hora de parar.  O fato é que beleza é, acima de qualquer coisa, algo relativo. Embora algumas características físicas tenham apelo quase universal por questões evolutivas, na média, nós nos sentimos mais atraídos por pessoas mais parecidas conosco. Além disso, como afirma a diretora de tendências do aplicativo Happn, Marie Cosnard, se você quer se encontrar com uma pessoa, não adianta fingir ser quem você não é.

3. Sorria mais

Sorria, meu bem, sorria. Segundo um estudo publicado em 2014, ao dar boas risadas, nós movimentamos 12 músculos faciais e, ao gargalharmos, movimentamos 24 desses músculos. Quando conversamos sorrindo e às vezes damos uma gargalhada, então movimentamos 84 músculos. Todo esse exercício facial estica a pele, retardando o aparecimento de rugas e deixando o rosto muito luminoso e atraente. Leia mais sobre os benefícios de ‘viver de rir’, aqui.

4. Seja um líder

Esse outro estudo, também de 2014, descobriu que o líder de um grupo tende a ser considerado mais atraente por seus membros que por pessoas que não conhecem a hierarquia. Ou seja, um pouco de confiança e decisão podem passar uma ótima impressão.

5. Não cruze os braços

A postura corporal dá um belo empurrãozinho na hora de fazer o crush notar que você existe. Mantenha os braços abertos, não endureça a postura, e, claro, não fique de cabeça baixa. Você pode estar com vergonha, só não deixe seu corpo avisar isso para o parceiro em potencial.

6. Não fique de papo furado

Não, no primeiro encontro não interessa a ninguém o número de primos de segundo grau que a pessoa que você está prestes a beijar tem. Na média, as pessoas preferem falar sobre assuntos profundos. Mesmo. Em 1997, Arthur Aron, da Universidade do Estado de New York, fez um teste curioso. Formou casais aleatórios entre completos desconhecidos e distribuiu dois questionários: um deles era repleto de questões banais, dessas que você troca com o vizinho no elevador. O outro, cheio de perguntas pessoais profundas. Não deu outra: no segundo grupo, houve até um casal que saiu de lá apaixonado e se casou. Veja o teste aqui. 

7. Seja engraçado

Causar boas risadas, segundo estudos como esse, é um ótimo jeito de um homem conquistar uma mulher em um flerte heterossexual. O contrário, porém, não se aplica. Mulheres bem humoradas não parecem ganhar vantagens causando boas risadas.

É bom lembrar, porém, que a pesquisa psicológica ainda sofre com uma quase completa hegemonia heterossexual nos testes. Portanto, independente de sua orientação sexual, uma boa risada não pode ser uma má ideia, certo? (Fonte)

COMPARTILHAR
Portal Raízes
Raízes Jornalismo Cultural - Portal, Revista Impressa e Programa de Televisão




COMENTÁRIOS