5 chás ‘milagrosos’ que eliminam gordura e acabam com o inchaço

Portal Raízes

Para livrar-se das gordurinhas, o ideal é combinar atitudes que queimam gordura, fazem o intestino funcionar e acabam com o inchaço. Tomar chá continuamente pode ser um aliado muito importante, já que as ervas contêm propriedades desintoxicantes.

Mais do que um problema estético, o inchaço compromete o bem-estar e a saúde. Ele pode ocorrer por diversos motivos, mas geralmente tem origem em uma alimentação de baixa qualidade, com muitas toxinas e sem valor nutritivo. Para eliminar o problema, comece mudando seus hábitos à mesa. A seguir, você confere receitas caseiras que ajudam a acabar com a retenção de líquidos e fazem um verdadeiro Detox no organismo.

Veja os 5 chás que combatem o inchaço e ajudam a perder peso e medidas. Você pode tomar 1 por dia de segunda à sexta. Finais de semana, liberado.  Fique atenta às contraindicações. Fazemos questão de ressaltar a importância de se procurar um nutricionista antes de inciar quaisquer dietas.  

1 – Segunda-feira – Chá de hibisco, cereja e hortelã

Ingredientes: 1 colher (chá) de flores secas de hibisco; 1 xícara (chá) de água fervente; 1 colher (sopa) de sumo de limão; 2 colheres (sopa) de cereja picada e sem caroço; 1 colher (chá) de folhas frescas de hortelã picadas. Gelo a gosto.

Modo de preparo: Coloque o hibisco em uma xícara e despeje a água fervente por cima. Deixe abafado por 10 minutos. Coe, espere amornar e bata no liquidificador com o restante dos ingredientes até homogeneizar. Beba no lanche da manhã.

2 – Terça-feira – Chá de cavalinha e hibisco

Ingredientes: 1 litro de água; 1 colher (sopa) de cavalinha seca; 1 colher (sopa) de hibisco seco; 1 rodela de abacaxi sem casca.

Modo de preparo: Ferva a água, desligue o foto, acrescente a cavalinha, o hibisco e abafe por 5 minutos. Coe, espere amornar e bata no liquidificador com o abacaxi. Beba ao longo do dia.

3 – Quarta-feira – Chá Verde

Ingredientes: 600 mil de água; 2 colheres (sopa) de chá verde; 1 rodela de limão, laranja ou gengibre.

Modo de preparo: leve a água ao fogo, retirando antes de ferver. Despeje em um bule e acrescente o chá verde. Deixe em infusão por 5 minutos e coe. Adicione a rodela de limão, laranja ou gengibre. Aguarde alguns minutos e tome ainda morno.

4 – Quinta-feira – Chá de hortelã e gengibre

Ingredientes: 3 xícaras (chá) de água; 1 colher (chá) de folhas frescas de hortelã; 1 colher (chá) de gengibre fresco ralado; 1 colher (chá) de flores secas de sabugueiro.

Modo de preparo: Ferva a água por 3 minutos e despeje sobre as ervas. Tampe e deixe abafado por 5 minutos. Coe e adoce com mel a gosto. Beba morno.

5 – Sexta-feira – Chá branco com maçã

Ingredientes: 3 xícaras (chá) de água; 2 colheres (sopa) de chá-branco; 1 maçã tipo fuji; mel a gosto.

Modo de preparar: leve a água ao fogo e retire antes de começar a ferver. Despeje em um bule e acrescente o chá-branco. Deixe em infusão por 5 minutos. Coe e leve à geladeira por 2 horas. No liquidificador, coloque o chá gelado e adicione a maçã picada e sem sementes. Bata e adoce com mel.

Contraindicações:

Tenha em mente que chá contém cafeína, e as pessoas que sofrem de hipertensão, gestantes e crianças não devem tomar. Também se pensa que o consumo do chá impede a absorção do ferro dos alimentos. É por isso que o chá é sempre aconselhável, pelo menos, meia hora antes ou depois de comer.

Contra-indicações do chá verde

Entre todas as variedades de chá, o chá verde tem um alto conteúdo de flúor tem. O flúor é considerado uma substância cancerígena, se consumida em grandes quantidades.

Os maiores riscos de chá verde, se houver consumo excessivo de mais de três ou quatro xícaras por dia, são precisamente o conteúdo de flúor de chá. Este mineral pode causar câncer e pode afetar o cólon, cérebro e rins.

Contraindicações do chá de hibisco 

A bebida não deve ser ingerida por mulheres gestantes ou que estejam em processo de amamentação de seus bebês. Pesquisas mostraram que o chá de hibisco pode causar interferências na estrutura dos genes dos bebês.

O chá de hibisco possui hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, que estão associados ao câncer e malformações congênitas. Também existem evidências de que o hibisco pode gerar a menstruação em mulheres grávidas, o que pode resultar em abortos.

Quem sofre com a pressão baixa e usa remédios para tratar o problema também deve ficar longe do chá de hibisco, já que uma de suas ações é justamente a de diminuir a pressão arterial. A bebida também não é recomendada para quem toma medicamentos para lidar com a hipertensão.

Contraindicação do gengibre

Em alguns casos consumir gengibre pode ser um risco para a sua saúde pois, os princípios ativos da planta interagem com alguns medicamentos de uso contínuo, alterando significativamente seus efeitos, ou a planta pode alterar, de tal forma, as suas condições físicas, como é o caso da maior liquefação do sangue, que dificultará situações de coagulação. Os diabéticos, os hipertensos, os que sofrem de problemas na coagulação do sangue e as grávidas devem evitar o consumo de gengibre.

Contraindicação da carqueja

Os efeitos colaterais da Carqueja incluem diminuição da imunidade e hipotensão, quando ingerida em excesso. A Carqueja está contraindicada durante a gravidez, porque pode provocar aborto, durante a lactação, porque passa para o leite materno, e em pacientes com pressão baixa ou diabetes descontrolada, porque provoca uma diminuição nos níveis de glicose no sangue.

Contraindicações do chá branco

Mesmo contendo pouca cafeína, o chá branco deve ser evitado por grávidas e lactantes para evitar que afete a placenta ou o leite materno.

Além disso, pessoas hipertensas, com úlceras gástricas, que sofrem de insônia ou que têm batimentos cardíacos irregulares devem consultar o médico antes de iniciar consumo. Fazemos questão de reforçar isso.

Com as contribuições de Juliana Garcia – do site Alto-Astral

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.