A tia é a segunda mãe?

Portal Raízes

Como todos sabemos, a relação que a grande maioria das crianças tende a ter com as suas tias sempre foi muito diferente das que se desenvolvem com os pais.

Porque a tia, não só cuida de dar todo o amor e atenção aos sobrinhos, mas além de tudo isso, a conexão que existe entre eles a transforma em sua segunda mãe, uma amiga e mais que isso: sua confidente que sempre cuidará do seu bem-estar.

Com elas, você pode criar, de uma forma geral, uma cumplicidade super especial, coisa que é muito difícil de conseguir com os pais. O papel das tias na vida e em todo o desenvolvimento dos pequenos tende a ser mais do que importante.

As tias costumam ser um pouco mais permissivas do que os próprios pais. É claro que sempre serão prudentes e garantirão o bem-estar de seus sobrinhos. Mas, da mesma forma, os pequenos geralmente encontram nelas a mistura perfeita entre amizade e toda a proteção que lhes dá segurança e, ao mesmo tempo, os deixa muito felizes. Uma tia conhece uma criança pelo tempo que a mãe e o pai sempre fazem e, acima de tudo, ela conhece seus pais muito antes. Então ela pode vir para dar um forte senso de perspectiva ao seu sobrinho que quer saber mais sobre a vida de seus pais antes de seu nascimento.

Cada uma das visitas aos museus, os jogos, cada tipo de conselho, cada detalhe, tudo mostra que elas são pessoas mais que importantes na vida de cada um de nós.

Via El librero de gutenberg, traduzido por Portal Raízes

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.