Ao excepcional talento de Lionel Messi com a bola, acrescentam duas outras virtudes: a humildade e a solidariedade. O argentino sempre evitou os ares de grandeza e ajudou os mais necessitados, como apoiar à organização não governamental internacional Save the Children, que promove a saúde e a educação das crianças.

Messi se juntou a alguns dos melhores jogadores de futebol da Espanha, Reino Unido e Itália para aumentar as doações e apoiar as crianças em cada um de seus países. Sem ir mais longe, Álvaro Morata, atacante do Atlético de Madrid , vai pedir doações para apoiar 220 crianças em situação de pobreza e risco de exclusão social. Outros jogadores que aderiram à iniciativa são Jordan Henderson e Giorgio Chiellini.

Algumas ações sociais de Messi:

Ajudou a construir um hospital

O San Joan de Déu é um prédio de quatro andares, que conta com 38 quartos, salas cirúrgicas, laboratórios de pesquisa e espaços para famílias acompanhantes de pacientes. Este hospital trata 215 novas crianças com câncer por ano e, segundo as estatísticas, cerca de 80% delas superam a doença.

Frequenta e contribui com eventos beneficentes

Sempre que são convidados para um evento beneficente, Messi e Anto Roccuzzo comparecem. Em meados de maio, eles foram a um jantar oferecido por Idrissa Gana Gueye. O objetivo era arrecadar fundos para crianças com câncer e HIV no Senegal, país de origem do jogador do PSG.

Não se esquece da Argentina

Ele doou 500.000 euros para a Fundação Garrahan (um hospital em seu país natal) como parte da luta contra a pandemia de coronavírus. Foi uma grande contribuição através de sua fundação. Desta forma, o homem de Rosario deixou claro seu compromisso com os mais afetados pelo surto de COVID-19 em sua terra.

Barcelona tem o seu apoio

A estrela do Rosario desembolsou um milhão de euros para um hospital de Barcelona no âmbito da emergência de saúde devido à pandemia, segundo vários relatos da mídia catalã.

Favoreceu à acessibilidade a uma pessoa com deficiência visual

Cristian Guglielmett ficou cego e hemiplégico aos 17 anos, embora após tarefas de cinesiologia tenha conseguido recuperar a mobilidade, mas não a cegueira. Messi soube do caso e o ajudou doando um inovador dispositivo portátil com inteligência artificial que lê todo tipo de texto, reconhece rostos e elementos do ambiente em tempo real.

Doa café da manhã 15 mil crianças 

A sua Fundação leva o café da manhã para 15.000 crianças, todos os dias, o projeto é denominado “Pequenos-Almoços em Moçambique”, segundo a fundação, essas crianças se alimentavam apenas uma vez por dia, e caminham mais de 7km todos os dias para chegar até a escola.

O propósito da  Fundação Messi dentro desse projeto é de reduzir a desnutrição crônica e melhorar a qualidade de vida dos alunos, bem como o desempenho escolar por meio da abertura de refeitórios, sendo o pequeno-almoço um alimento de vital importância para esta população.

RECOMENDAMOS






As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.