Bruna Marquezine desabafa e revela que já sofreu depressão e distúrbios alimentares

Portal Raízes

Nesta quarta-feira a atriz Bruna Marquezine desabafou em seu instagram sobre comentários negativos que as pessoas frequentemente postam sobre seu corpo em suas fotos, ela ressaltou comentários em que homens e mulheres diziam que ela está muito magra.

Desabafo de Bruna Marquezine – “Empatia”

“Não estou falando que não podem fazer críticas nas minhas fotos. Mas nas fotos de qualquer pessoa. Se sua crítica for ofender, machucar, fazendo com que essa pessoa se sinta mal com o corpo dela, por mais que seja ‘sem intenção’… Fica quieto. Não comenta.
Em nenhuma das minhas legendas eu perguntei se vocês acham que eu estou bonita. Ou se eu estou magra demais, se eu devo engordar, e normalmente as pessoas não perguntam. Então por que falar? Por que perder o seu precioso tempo fazendo qualquer tipo de comentário que não é construtivo?

Chega, gente! As pessoas precisam parar com isso. Eu vejo mulheres diminuindo as outras, estamos em uma época de aceitação! ‘Ai, está muito magra, homem gosta de carne’(…) Já passou da hora de mudar esse raciocínio, essa forma de pensar. O nosso corpo, mulheres, não foi feito para agradar os homens, para agradar ninguém. A gente tem que estar saudável e feliz. É horrível ver mulheres com esse raciocínio machista. Em que ano a gente está vivendo?

Esses comentários, ‘ingênuos, inocentes, conselhos,’ eles começam a fazer com que a gente comece a se olhar diferente. Aí a gente se olha no espelho e começa a enxergar coisas que a gente nunca tinha enxergado, que nem existiam e se tornam verdades muito fortes dentro da gente. Que fazem a gente deixar de se amar, de se sentir bonita. Isso é muito sério. (…)

Eu sei que surgirão outros chatos de plantão para falar que eu não tenho nem o direito de falar sobre isso porque não sofri com transtorno alimentar. Mas eu já sofri, e muito, com distúrbio de imagem. Porque na época, as pessoas comentavam que eu estava um pouco gordinha, bochechuda, quadril largo. E eu acreditei. (…)

Eu acreditei na opinião alheia e comecei a detestar meu corpo. Achava que eu tinha que emagrecer de qualquer jeito. Eu tomava laxante todos os dias, por mais de três meses. Junto com tudo isso eu tive depressão, não só por isso, mas principalmente por esses motivos, questões de autoestima, por não me aceitar, não me achar bonita o suficiente, consequentemente eu não me achava boa o suficiente para nada. Tomava laxante todos os dias e me alimentava mal. Ou não comia ou comia besteira. Eu não sentia prazer em ter uma boa alimentação e cuidar de mim. Eu não estava me amando.

É óbvio que eu tive problemas de saúde e eu comecei a ficar assustada. Minha depressão avançando, eu comecei a ter atitudes que começaram a me assustar e eu fui atrás de ajuda. Estou contando um resumão, tá? Não foi simples e rápido assim. (…)

Eu precisei da minha família. Em um determinado momento eu nem entendia muito. Eu só sabia que estava muito infeliz, que eu não gostava de mim. E eu sofria muito, já estava assustada com aquilo. Com os problemas de saúde e com as minhas atitudes comigo, mesma. Depois de fazer terapia, análise, faço até hoje e vou fazer para sempre. Eu consegui estar saudável mentalmente e fisicamente de novo.

Depois disso, depois de estar saudável e estar feliz com o meu corpo, a Catarina surgiu na minha vida e de forma responsável e consciente eu falei que queria emagrecer para a Catarina. Eu sou atriz, a minha ferramenta de trabalho é meu corpo e precisamos mudar a aparência para fazer personagens. Eu me senti preparada e bem para passar por isso. Como eu disse no início, eu engordo no rosto e a TV ainda engorda uns cinco quilos e eu queria ficar com o rosto mais maduro.

Quando eu vi o resultado da imagem da Catarina na televisão eu fiquei muito feliz, os diretores também. A novela acabou e é isso, estou feliz, galera, estou aí! É isso. Pela última vez eu vou dizer que estou feliz, saudável e não estou perguntando para ninguém a opinião do meu corpo.

E para todas as pessoas que fazem esse tipo de comentário nas fotos de outras pessoas, comecem a refletir sobre a responsabilidade de vocês e as consequências que as palavras de vocês podem ter…”

Isso foi só um resumo do desabafo da atriz, para quem tem instagram o desabafo está fixado nos destaques do stories de seu perfil @brumarquezine como “Empatia”, mas quem não tem, pode verificar na íntegra neste vídeo:

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.