Cachorro supera ansiedade paralisante – com seu próprio cão de apoio emocional

Portal Raízes

Este sobrevivente de quatro patas está superando sua ansiedade com uma ajudinha de seu amigo. Quando Arnold, o Weimaraner, de 2 anos, era apenas um filhote, ele teve um encontro sangrento com um pastor alemão muito maior que ele.

Após a experiência de espancamento, sua humana – Carolyn Manalis de Perth, Austrália – observou seu peludinho, que já sofria de ansiedade de separação, ficar ainda mais nervoso e assustado, especialmente perto de cachorros grandes e barulhentos. As informações são do New York Post.

Mas então veio o pequeno Frank, um pequeno salsichinha amigável. Depois que Manalis adotou o cachorrinho de um amigo, não demorou muito para que o cachorrinho assumisse a função de cão de apoio emocional de Arnold.

“O vínculo que esses dois cães têm é incrivelmente lindo”, disse Manalis ao Caters News. “Eles são tão conectados e amorosos e apoiam um ao outro. Se um chora, o outro chega em meio segundo para verificar se está tudo bem. Seu amor é incondicional, independentemente do seu tamanho ou raça”.

Apesar de uma diferença de idade de um ano – e uma diferença de peso de quase 30 quilos – é o pequenino Frank que transborda autoconfiança e, no processo, ajudou Arnold a vencer sua ansiedade paralisante.

“Frank ajudou Arnold a recuperar sua confiança para ser capaz de brincar e lutar enquanto aprendia que isso nem sempre significa que ele vai se machucar ou ser atacado”, disse Manalis. “Ter um amiguinho para brincar tem sido a terapia perfeita para o Arnold se curar”.

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você. Siga-nos também no Instagram e Youtube.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.