4 Sinais de que sua casa é a causa de sua raiva e estresse

Portal Raízes

Feng Shui é uma prática que envolve equilibrar o fluxo de energia em sua casa. Essa é a definição em poucas palavras. A energia está em toda parte e tudo é energia. Então, se você pensar sobre essa afirmação por um segundo, vai entender que, se houver energia negativa em sua casa, adivinhe: isso afeta sua vida. O Feng Shui irá eliminar a energia antiga, permitindo que novas energias entrem em seu espaço e em sua vida e, por sua vez, equilibrem sua vida.

Para os que desconhecem a prática, o feng shui pode parecer um pouco esotérico, mas se você dedicar um tempo para mergulhar na filosofia por trás dele, descobrirá que não se baseia apenas em práticas simples de senso comum que tornam nossas casas mais saudáveis ​​e mais organizadas, mas também revela como estamos conectados às nossas casas – e, por sua vez, como elas podem afetar nosso humor e bem-estar. Em termos práticos, o Feng Shui não deve parecer mais estranho ou menos intuitivo do que decorar uma casa a ponto que você se sinta confortável nela.

Dito isto, existem 4 sinais claros de que sua casa está contribuindo para a raiva e o estresse em sua vida. Nós vamos mostrar a você como evitar cometer esses erros comuns para que você possa viver uma vida mais feliz e positiva.

1. A desordem causa estresse

A regra fundamental do feng shui é não haver desordem. Energia, ou chi , deve ser capaz de fluir livremente por todo o seu espaço. A desordem interrompe o fluxo criando energia negativa. A organização, por outro lado, tem o efeito oposto. Comece priorizando as áreas que mais o incomodam e dedique um tempo determinado – de 10 a 15 minutos por dia – para jogar fora o que você não ama ou precisa.

2. O ar precisa estar claro ou com bom cheiro

As plantas purificam o ar absorvendo toxinas e poluentes elétricos emitidos por aparelhos. Plantas pequenas podem dar uma aparência de desordem, então maior é melhor e, felizmente, algumas das melhores opções também precisam de menos cuidados. A palmeira areca não oferece perigo aos animais de estimação, cresce até 7 metros de altura, é famosa por seus benefícios purificadores de ar – recebendo até mesmo o selo de aprovação da NASA – e também é uma das palmeiras mais fáceis de cultivar em ambientes fechados. Perfeito para aqueles que são conhecidos por matar todas as plantas que já cruzaram sua porta.

O ar deve ser claro também em sentido metafórico. Lembrando que a energia é tudo e está em todos os lugares, tenha em mente que quando você tem uma briga com seu cônjuge ou filho ou alguém no telefone ou qualquer outra coisa, essa energia negativa ainda está pairando em sua casa. Se o ar em uma sala parece pesado ou escuro, as plantas podem te ajudar a purificar.

3. Coisas quebradas deixam uma sensação de desespero

Gavetas que grudam, ralos que entopem e até mesmo roupas com buracos são apenas alguns exemplos de impedimentos à vitalidade em casa. Eles refletem um sentimento de “quebrantamento”. Tente colocar um adesivo de sinalização no que precisa ser consertado, como forma de representar a maneira como você deseja que seu espaço seja. À medida que os objetos são reparados e você retira os adesivos, isso se torna simbólico de uma mudança positiva na energia.

4. Pare de bloquear a porta para oportunidades

Uma entrada com um feng shui adequado será sempre acolhedora: a porta da frente estará limpa, livre de obstáculos, como pacotes ou pares de sapatos, podendo ser aberta com facilidade. A primeira coisa que você vê quando abre a porta define o tom para toda a casa. Coloque uma bela obra de arte, mobília ou qualquer outro objeto que lhe pareça agradável neste importante ponto focal.

Traduzido de Mystical Heaven por Portal Raízes

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.