9 coisas que aprendi com a terapia

Portal Raízes

1. A terapia não te faz descobrir significados ocultos nos fatos da sua vida, pelo contrário: te ajuda a descomplicar

Antes de fazer terapia, eu achava que o objetivo seria “descobrir” traumas escondidos. Na verdade, o lance é mais aprender a ver as coisas como elas são, e ir diminuindo – não aumentando – os dramas.

2. Quanto mais você se abre sobre as coisas que te incomodam, mais elas vão perdendo o “poder” de te incomodar

A post shared by Felipe Rech (@feliperech) on

Claro, para chegar até a descomplicação, às vezes precisa falar abertamente sobre algumas coisas um pouco mais pesadas, difíceis. E isso nem sempre é indolor. Mas depois que a gente começa, a sensação é de alívio.

3. Assumir a responsabilidade pelos próprios atos não torna a vida mais pesada, e sim mais leve

3 anos da segunda casa! 🖤 @margotclub

A post shared by Camila R. Vieira (@camilarvieira_) on

Na terapia, a gente aprende a entender quais fatos da vida aconteceram por causa dos outros, e quais foram apenas resultado das nossas escolhas – inconscientes ou não. E já que foram escolhas, bom, podemos também aprender a fazer diferente da próxima vez.

4. Falar de coisas triviais, do dia a dia, nunca é realmente trivial. Nada é banal demais pra contar na terapia

Mudar o corte de cabelo, trocar o tipo de bar que você frequenta. Nada é bobo ou inútil, tudo fala sobre a gente e sobre as escolhas, sempre elas, que estamos fazendo no momento.

5. O autoconhecimento pode te ajudar a lidar melhor com os outros, também

A gente não pode prever ou adivinhar o que os outros vão fazer, ou o que pensam sobre nós. Mas quando, através da terapia, a gente começa a se conhecer melhor, também fica um pouco mais fácil entender e aceitar que os outros são como são.

6. Muitas vezes você sente raiva, ou sofre, por puro hábito – porque a situação te remete inconscientemente a algo que viveu antes

A nossa mente às vezes esquece que cada pessoa, e cada situação que vivemos, é diferente da anterior. E que por isso cada experiência pode ser diferente – e melhor.

7. Aprender a esperar os resultados da terapia já é um dos resultados da terapia

Pode acontecer de sentir que a terapia “funcionou” da primeira sessão, mas às vezes demora semanas até a gente notar algum avanço. E um dos primeiros aprendizados é justamente entender que as mudanças acontecem devagarinho, e precisamos ter paciência com nós mesmos.

8. O que você SABE é uma coisa, o que você SENTE é outra

Por exemplo, a gente pode SABER conscientemente que tem muitas qualidades, mas se nenhum elogio nos convence, pode ser porque a baixa auto-estima não nos deixa SENTIR que isso é verdade. E é aí que a terapia entra e ajuda a desatar os nós.

9. Tem conselhos que você pode ter ouvido mil vezes, mas só funcionam quando você chega àquela conclusão sozinha

É o famoso CAIR A FICHA. Não adianta ter ouvido ou lido aquilo antes, a gente precisa estar pronto, e a mudança vai vir de dentro para fora.

Por: Suzana Cristalli 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.