12 sinais de que seu filho é uma criança naturalmente empática

Portal Raízes

Ser um empático não significa necessariamente que você é dotado de poderes de clarividência ou telepatia, mas para algumas pessoas, parece tão real quanto qualquer coisa. Alguns podem ter dons para sentir o que os outros estão sentindo, mesmo que estejam escondendo.

Muitas vezes eles desenvolvem qualidades de empatia quase super-humanas em uma idade precoce. Há um lugar especial no coração de todos para alguém que é verdadeiramente empático. Eles têm uma incrível capacidade de surpreendê-lo quando você mais precisa deles.

As crianças naturalmente empáticas têm poderes de observação e percepção que são quase “Sherlockianos” em sua natureza. As seguintes 12 características podem ser observadas em crianças em uma idade muito jovem, que podem estar desenvolvendo suas habilidades empáticas.

1. Eles se limitam a não fazer amizades

Muitas crianças empáticas, infelizmente, lidam com o isolamento. Elas percebem desde cedo quando as pessoas são falsas ou fraudulentas. Elas também podem ser capazes de perceber quando as pessoas lhes desejam mal.

2. Eles “atuam” quando você está com raiva

As crianças com empatia têm dificuldade em controlar seus sentimentos quando os outros ao seu redor estão se sentindo negativos. Eles ainda não desenvolveram a capacidade cognitiva de afastar as emoções negativas dos outros. Em vez disso, eles compartilham esses sentimentos com você. Ou seja, se você demonstra muita raiva você terá um filho demonstrando muita raiva.

3. Eles são excepcionalmente intuitivos

Algumas crianças permanecem inconscientes quando os adultos estão lidando com desafios difíceis ou experiências de vida. Crianças empáticas, parecem saber a verdade sobre tudo sem sequer compreender completamente. Seus poderes de intuição podem predizer quando os pais estão prestes a se divorciar, se um presbítero está fatalmente doente, ou talvez quando um estranho lhes faz mal.

4. Eles desfrutam de seu tempo sozinho

As crianças empáticas precisam de um descanso das emoções ao seu redor. Elas frequentemente se retiram para um lugar de solidão depois de uma experiência caótica em público. Crianças empáticas costumam se aninhar em seus quartos após um dia longo na escola.

5. Eles são surpreendentemente bons em ouvir

Às vezes até adultos precisam de um ombro para chorar, e quando não há adultos por perto, você ficaria surpreso em saber o quão bem uma criança empática pode lidar com seus problemas. Eles costumam ter uma visão inocente e clara do mundo, dando a você uma perspectiva diferente sobre um problema que você normalmente não veria.

6. Eles têm uma tremenda compaixão

Um criança empática é, muitas vezes, a primeira a oferecer ajuda quando alguém precisa dela. Elas sentem o que outra criança pode estar sentindo quando caem e raspam o joelho, então elas fazem o que elas naturalmente querem que alguém faça se elas estivessem na mesma situação.

7. Eles tendem a se afastar das reuniões de família

Um número excessivo de beliscões na bochecha da tia Janice é o suficiente para mandar qualquer criança correr, mas os empáticos precisam lidar com muito mais. Eles se tornam hiper conscientes da atenção dos outros, e os membros da família tendem a sufocar as crianças pequenas com amor e afeto que podem ser demais para lidar.

8. Livros e filmes têm um efeito profundo

Um criança naturalmente empática não lê um livro ou assiste um filme da mesma maneira que outras crianças. Em vez disso, elas ficam muito concentradas na narrativa emocional e na história. Sua mente faz com que eles sintam que estão realmente vivendo no lugar do personagem.

9. Eles são muitas vezes desajustados ou sentem que não pertencem

As crianças empáticas têm dificuldade em se conectar com outras crianças se não estiverem no mesmo nível emocional que elas. Isso, por sua vez, faz com que eles se sintam excluídos ou solitários.

10. Multidões os estimulam

Cada som, argumento, grito, riso, choro e conversa na multidão é observado pela criança naturalmente empática. Estar exposto a este ambiente por longos períodos pode ser desgastante.

11. Eles percebem quando alguém está mentindo para eles

As crianças empáticas são muito perceptivas em relação à linguagem corporal, tom de voz e intenções. Elas são as crianças que são mais propensas a se contorcer quando um médico diz: “isso não vai doer nem um pouco!”

12. Seus sentimentos estão em um nível muito mais profundo

Além de lidar com as emoções dos outros, muitas crianças empáticas também são hiper-conscientes de suas próprias emoções. Elas podem engarrafá-los na esperança de conter tudo o que estão sentindo. Onde outras pessoas podem se livrar de um sentimento, as crianças empáticas tendem a sentir o efeito pleno de uma emoção singular.

Traduzido de Providr, por Portal Raízes

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Portal Raízes
Portal Raízes Jornalismo Cultural

COMENTÁRIOS