Não existe só o autoextermínio físico. Existe também o autoextermínio psicossocial. O maior instinto dos seres vivos, é a sobrevivência. Para se manterem vivos, os seres são capazes até de matar. Então, há de se perceber quão grande é o sofrimento psíquico daqueles que não reagem mais ao instinto de sobrevivência e optam pelo autoextermínio, se não o físico, o psicossocial. Quando é que uma pessoa comete autoextermínio psicossocial? Confira no vídeo, com a psicanalista Clara Dawn

RECOMENDAMOS






Clara Dawn é romancista, psicopedagoga, psicanalista, pesquisadora e palestrante com o tema: "A mente na infância e adolescência numa perspectiva preventiva aos transtornos mentais e ao suicídio na adolescência". É autora de 7 livros publicados, dentre eles, o romance "O Cortador de Hóstias", obra que tem como tema principal a pedofilia. Clara Dawn inclina sua narrativa à temas de relevância social. O racismo, a discriminação, a pedofilia, os conflitos existenciais e os emocionais estão sempre enlaçados em sua peculiar verve poética. Você encontra textos de Clara Dawn em claradawn.com; portalraizes.com Seus livros não são vendidos em livrarias. Pedidos pelo email: [email protected]