Estudante cria armadura que reduz danos de radiação em pacientes com câncer

Portal Raízes

Muitas vezes as pessoas mostram sua maior força em seus momentos de dor, após perder uma pessoa próxima para o câncer de mama, a estudante Macinley Butson, que sempre gostou de inventar coisas, quando tinha apenas 16 anos, decidiu dedicar seus esforços em estudos da área.

Primeiramente ela tentou iniciar sua pesquisa lendo revistas científicas, mas teve dificuldades para entender a linguagem avançada da área. Isso não foi motivo para ela desistir, decidida a compreender os termos técnicos das revistas, ela buscou no youtube, vídeos que a ensinassem a ler artigos científicos.

Conforme se profundava mais nos estudos, pôde perceber um dado importante: o cobre se mostra muito mais eficaz na proteção da pele contra a radiação em comparação com o chumbo.

Mas foi durante uma aula de história em seu colégio, que a adolescente australiana teve sua brilhante ideia. Ao assistir um filme sobre guerra medieval, os padrões de escama das armaduras chamou sua atenção, foi então que se inspirou em criar uma “armadura” de cobre portátil.

Sua invenção agora se chama Smart Armour – escudo de cobre para radioterapia. Em laboratório, a armadura provou reduzir a exposição da superfície ao excesso de radiação em 75%.

A meta agora é trazer a Smart Armour para as condições clínicas, para que todo o mundo possa se beneficiar de sua invenção.

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você. Siga-nos também no Instagram e Youtube.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.