Famílias inteiras: mães, filhos, pais… espalhados deitados debaixo da caixa registradora e  pelos corredores, do  supermercado Exta, na manhã de hoje (17/12), no bairro da Madalena, zona oeste do Recife. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 200 pessoas,  ocuparam o estabelecimento em busca de alimentação. A ação é um  apelo para garantir comida na mesa e de protesto pela alta nos preços e foi registrada em 10 capitais brasileiras.

De acordo com o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), organizador da iniciativa de ocupação, o grupo chegou por volta das 8h30 ao supermercado. Participantes, funcionários que preferiram não se identificar e a PM descreveram o ato como pacífico e “sem ilicitudes”. O atendimento a clientes foi suspenso até as famílias deixaram o local, por volta das 15h. “Decidimos fazer esse ato chamado Natal Sem Fome para denunciar a carestia, a miséria que o pessoal tá passando. A ideia é fazer atos como esse para mostrar que falam tanto em fazer o bem, mas não cumprem. Não estamos saqueando, estamos solicitando”, disse o coordenador nacional do MLB, Kleber Santos.

 

RECOMENDAMOS






As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.