Grafiteiras pintaram as ruas de São Paulo para a Copa do Mundo feminina

Portal Raízes

A Copa do Mundo de futebol feminino começa no próximo dia 07 de junho na França e nós, brasileiros, temos todos os motivos do mundo para torcer muito pela nossa seleção. A Seleção Brasileira ainda não conquistou nenhum título mundial, então, ser campeã terá um gostinho pra lá de especial.

Créditos: MdeMulher – Abril.com

O Brasil tem Marta como principal estrela (Escolhida 6 vezes como melhor jogadora do planeta) e grande artilheira dos mundiais (15 gols em 4 edições já disputadas). Outra atleta que irá bater recordes no mundial é a meio campista Formiga, com 41 anos, a atleta vai disputar a Copa do Mundo pela 7° vez e será recordista entre homens e mulheres.

Créditos: Pinterest/Correio24horas

E Brasil na Copa é sinônimo de torcida, ruas decoradas e muita festa. Pensando nisso, uma turma de grafiteiras tiveram a ideia de colorir muros na cidade de São Paulo para passar aquela energia positiva para o time do Brasil, celebrando e popularizando a hashtag #MulherNoFutebol.

Créditos: @dibradoras

As pinturas aconteceram na região da Brasilândia, em São Paulo, e contam com muitas homenagens para Seleção Brasileira. Clara Leff, Afolego e Sarah Lorenk são as artistas que estão à frente do projeto e prometem muita força e torcida.

Um detalhe bem legal é que um dos murais ainda continha uma arte com o jogador Gabriel Jesus, do Manchester City, da Inglaterra, feita pelo artista Digão O Comprimido. O grafiteiro autorizou a mudança da arte que hoje ostenta uma bela imagem da jogadora Formiga.

Créditos: @dibradoras

Então, se você tiver andando pela Brasilândia, não deixe de prestigiar o trabalho dos artistas que embelezam ainda mais as ruas com a arte. E não esqueça, nossa seleção estreia dia 9 de junho contra a Jamaica, às 10h30 da manhã!

Fonte: Hurb

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.