Itália dará 500 euros para cidadãos viajarem pelo país

Portal Raízes

Em uma tentativa para não se afogar nas consequências do fechamento econômico do país diante da pandemia do coronavírus, o governo da Itália disponibilizará um bônus de até 500 euros para famílias de cidadãos italianos com renda anual menor que 40 mil euros para fazerem turismo dentro do país.

A medida foi anunciada pelo primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte. As informações são da Agência Italiana de Notícias (ANSA).

Os beneficiários poderão utilizar o bônus para pagamento de serviços turísticos oferecidos em território italiano, como hotéis por exemplo; tendo a validade prevista para 01 de julho até 31 de dezembro de 2020.

O ministro dos Bens Culturais e Turismo da Itália, Dario Franceschini frisou que “todos os setores sofreram muito nesta crise, mas o Turismo pagou mais pelas consequências da epidemia”, e ressaltou que a Itália não aceitará acordos bilaterais com a União Europeia que possam vir a criar rotas turísticas privilegiadas. “Seria a destruição do mercado único. Nunca permitiremos isso”.

Além desse benefício, o governo italiano prevê isenção de impostos para bares, restaurantes e estabelecimentos de banhos, hotéis, fazendas, parques e outros alojamentos, como informou o ministro da Economia, Roberto Gualtieri.

__

Informações de ANSA

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.