Jovem tira a camiseta para esquentar cachorro tremendo de frio

Portal Raízes

As atitudes mais belas são as mais simples. O relógio marcava 14h quando os dois irmãos Fernando Gabriel, 30 anos, e Felipe Paulino, 33 anos, desembarcaram de uma viagem de ônibus em São Paulo e se depararam com um cachorrinho tremendo de frio. Neste dia foi registrada a temperatura mais baixa no ano na cidade de São Paulo.

O irmão mais novo, Fernando, é o autor do vídeo e foi o primeiro a comprar o bilhete da passagem.

“Eu peguei meu bilhete e comentei com meu irmão que o cachorro estava tremendo de frio e segui. Quando olho para trás vejo meu irmão de frente para o cachorro e pensei que ele iria aprontar alguma coisa. E foi o que aconteceu. Meu irmão colocou a mochila no chão, tirou a jaqueta e a camiseta que ele mais gostava e vestiu o cachorro com ela”, diz Fernando.

Para os dois irmãos, esse gesto não é tão fora da curva, pois eles foram criados com animais de estimação e tiveram um exemplo em casa, pois os pais deles, dona Luzia e Antonio Carlos, sempre ajudaram moradores em situação de rua e animais abandonados.

“Foi uma coisa simples, não imaginava ter tanta repercussão, não custou nada. Eu tenho um cachorro e meu irmão também. Sempre crescemos com animal de estimação. Foi compaixão mesmo, meu irmão se colocou na situação do cachorro. A gente cresceu vendo a nossa mãe ajudando moradores de rua, animais de rua também”, disse Fernando.

“Estava muito frio eu abaixei e comecei a fazer carinho nele, as pessoas olhavam e não faziam nada, uma delas me chamou de louco. Quando voltamos a gente tentou reencontrar com ele. Se ele estivesse aqui no Guarujá eu teria levado para casa, para um veterinário e tentado encontrar um lar para ele. Foi um gesto simples que viralizou de uma forma muito grande”, disse Felipe.

Os dois irmãos trabalham como promotores de venda e empresas distintas e moram em casas separadas. “Só notícia ruim por causa da pandemia e um gesto, que pra mim é comum, de estender a mão para ajudar seja um animal ou uma pessoa, pode fazer um mundo bem melhor. Recebi muitas mensagens positivas, é um vídeo que a pessoa se conforta com a cena”, disse ele.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.