Lady Gaga: “a menina feia e sem futuro”, acaba de ganhar um Oscar

Portal Raízes

“Quando ela estava na faculdade, os colegas dela criaram um grupo chamado ‘Stefani Germanotta (Lady Gaga) jamais será famosa’. Aos 19 anos ela foi estuprada, enfrentou depressão, problemas sérios de autoimagem, lúpus, fibromialgia.

No começo da carreira, sua melhor amiga vivia um relacionamento abusivo e cometeu suicídio, a culpa da morte da moça recaiu sobre ela com a acusação de ‘ritual de sacrifício’ em nome da fama. Apesar de tudo isso, ela ergueu a cabeça, criou uma ONG de prevenção ao suicídio para jovens LGBT rejeitados pela família”.(Por Maya Falks)

Com o Oscar 2019 Lady Gaga alcança marco na história das premiações

Lady Gaga conquistou o Oscar de melhor canção original com “Shallow”, de “Nasce Uma Estrela”, na noite deste domingo, 24/2. Intérprete e compositora da música, a novaiorquina alcançou um importante marco este ano. Gaga é a primeira artista a sair vitoriosa no OscarGlobo de OuroBafta e Grammy em um mesmo ano.

Também vitoriosa no Bafta, considerado o Oscar britânico, Gaga não esteve na cerimônia, mas postou em suas redes sociais um agradecimento pela estatueta de canção original:

“Eu não posso acreditar que nós vencemos o Bafta de melhor canção original. Eu gostaria muito de estar lá. Fizemos um filme sobre música. Isso significa o mundo para mim. Obrigada a todos os nossos fãs, nós os amamos muito. Não estaríamos aqui sem vocês”.

No Grammy deste ano, Lady Gaga levou para casa os troféus de melhor performance pop em dupla e melhor canção escrita para mídia visual por “Shallow”, além do prêmio de melhor performance pop solo por “Joanne (Where Do You Think You’re Goin’?)”.

Confira o seu discurso na entrega do Oscar:

“Isto não é sobre ganhar e sim, sobre não desistir. Se você tem um sonho, lute por isso! Existe disciplina na paixão. E não é sobre quantas você é rejeitado, ou cair e apanhar. É sobre quantas vezes você se levanta, é valente e continua seguindo em frente”. Lady Gaga

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.