Devido à crise causada pelo coronavírus, os produtos de higiene e limpeza estão ficando cada vez mais escassos em vários países, razão pela qual o grupo que possui marcas como Dior, Givenchy e Louiss Vuitton, o LVMH , alocará um parte do trabalho de suas fábricas para produzir álcool gel e poder distribuí-lo em hospitais.

Uma das recomendações mais importantes que autoridades de todo o mundo fizeram às pessoas é não fazer compras de pânico; no entanto, várias cidades do mundo tiveram um problema significativo de desabastecimento. Essa situação levou o conglomerado de empresas francesas a usar três de suas instalações onde são produzidas fragrâncias e cosméticos para fabricar o gel antibacteriano necessário em algumas regiões.

Desde a última segunda-feira, a marca de luxo começou a fabricar álcool gel e também ficará encarregado de distribuí-lo gratuitamente para hospitais e autoridades de saúde franceses.

A LVMH não é a única marca na indústria da moda que ajudou as autoridades nesta crise. Armani e Versace colaboraram com doações significativas para associações médicas italianas e a Prada doou unidades de terapia intensiva e ressuscitação médica.

Com informações de Nation

RECOMENDAMOS






Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.