A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, e mais quatro pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (5) após a queda de um avião de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais. As informações são do G1.

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos.”, informou em nota a assessoria da cantora.

Os bombeiros também confirmaram a morte através da seguinte nota: “O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”.

Nota da assessoria de imprensa

A assessoria da cantora confirmou as mortes do produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e do co-pilto do avião, que não tiveram seus nomes revelados.

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos”, afirmou a assessoria da cantora.

A Força Aérea Brasileira (FAB) disse, em nota, que está identificando os motivos da queda do avião e retirou parte da aeronave para análise. A aeronave que caiu é um bimotor Beech Aircraft, da empresa PEC Táxi Aéreo, de Goiás.

A cantora nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. Ela surgiu como ícone do “feminejo” em 2016, com sucessos como “Infiel” e “Eu sei de cor”. Antes, ela já era compositora de sucessos do sertanejo. Em seu segundo álbum de estúdio, chamado Realidade e lançado em 2017, Marília Mendonça recebeu uma indicação ao Grammy Latino, na categoria de melhor álbum de música sertaneja.

Sucesso na internet

Em abril do ano passado, no começo da pandemia, a cantora quebrou o recorde mundial de espectadores simultâneos em uma live no YouTube, quando atingiu 3,2 milhões de pessoas ao mesmo tempo. A cantora seguia a tendência de artistas brasileiros em exibir shows pela internet com o objetivo de arrecadar fundos para as vítimas de Covid-19. 

À época, como diferencial, a live da cantora contou com a participação de um intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais). Marília se destaca ainda pelo grande número de seguidores nas redes sociais. Só no Instagram, o perfil oficial da cantora conta com 36,5 milhões seguidores. Seu trabalho mais recente é o projeto “As Patroas”, em parceria com a dupla Maiara e Maraisa.

RECOMENDAMOS






As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.