Motoboy humilhado ganha 1,8M de seguidores, moto nova e vaquinha passa de R$ 140 mil

Portal Raízes

A internet tem servido para mostrar a força da união das pessoas, da boa vontade, e da empatia, no meio de tantas coisas ruins que acontecem no mundo, ainda existem pessoas dispostas a ajudar. Como no caso do motoboy humilhado essa semana, que teve que escutar ofensas terríveis enquanto fazia apenas seu trabalho, depois da grande repercussão de seu caso, o rapaz foi identificado e logo as pessoas quiseram lhe ajudar.

Matheus Pires, tem apenas 19 anos, e está trabalhando de motoboy para ajudar em casa como renda durante a pandemia, ele agora conta com mais de 1,8 milhão de seguidores no instagram, além de ter sido presenteado com uma moto nova, pelo humorista Matheus Ceará, do SBT, que se comoveu com a história.

O humorista Matheus Ceará presenteou o entregador com uma moto nova. Foto: reprodução

“Essa ajuda vai me ajudar bastante. Minha moto estava ferrada no mecânico. E, como eu estou recebendo ajuda de todos os lugares, vou doar a minha para outra pessoa“, disse o rapaz nos stories do Matheus Ceará: “Tudo isso já mudou a minha vida. Mas a gente fica achando que as coisas acontecem longe da gente, mas o racismo e o preconceito está perto da gente. No meu caso se não tivesse ninguém gravando, talvez seria mais um caso que ninguém saberia de nada”.

Também foi criada uma vaquinha online, onde já foi arrecadado mais de 140 mil reais, que será destinado aos estudos do rapaz e uma casa própria.

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você. Siga-nos também no Instagram e Youtube.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.