A jornalista Andréia Sadi abriu o jogo em conversa com os seus seguidores de uma rede social. Nas perguntas dos internautas um dos principais assuntos mencionados foi? Maternidade! Como lidar com a expectativa e a realidade do maternar, ainda mais com dois ao mesmo tempo. Ela é casada com o também jornalista André Rizek, juntos são pais orgulhosos dos gêmeos João e Pedro, de oito meses.

Andréia Sadi sempre foi muito reservada em relação a vida pessoal, mas registrou a vida a dois e a chegada dos filhos em sua rede social. Recentemente, a jornalista mostrou fotos raras dos rostinhos dos gêmeos e brincou com a “bagunça” que é passear com os dois. Ao celebrar a chegada de mais um ano, Sadi ainda aproveitou para posar com seus bebês e fazer o desejo por novos dias.

Na conversa com os seguidores, por diversas vezes, Sadi foi questionada como concilia trabalho, casa, filhos, autocuidado. A jornalista reforçou que não existe isso de “dar conta de tudo”.

“Vamos descontruir essa imagem de que somos ‘fortes’, ‘guerreiras’? Vamos juntas? Estamos exaustas. Não romantizem a maternidade e a conciliação. É completamente impossível dar conta de tudo. Eu não dou, surto, choro e desabafo. Não existe essa vida de rede social na vida real. […] E que sempre tenhamos a esperança de dias melhores. É o que vejo quando olho para os meninos da minha vida brincando no violão. Não é fácil – mas é lindo, intenso: com amor e parceria, a melhor coisa da vida”.

Andréia também relatou como a prática de exercícios físicos lhe ajudou a lidar com a rotina com os dois bebês

“Fiquei uns meses sem me olhar direito no espelho por estar completamente imersa naquele começo da maternidade. Quando me vi, não enxerguei a mulher. A maternidade traz muitas transformações e acabou que me trouxe ânimo para voltar para antigas paixões, como a atividade física. Virou um ritual ter 45 minutos diários dentro das 24 horas do dia só para mim. Me reconectei comigo e me ajudou muito a ficar mais disposta para aguentar o tranco do começo da maternidade. Também acertei a alimentação e me sinto melhor do que antes da pandemia. E estar bem comigo mesma, nos exames médicos, na balança, sem dores para segurar os meninos e retomando a minha autoestima, foi importante para mim. Não se trata apenas de uma questão física, mas de saúde mental também, do meu ponto de vista”.

RECOMENDAMOS






As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.