Quando o ‘mundo’ de alguém desaba sobre sua cabeça, pensamos na efemeridade da vida

Portal Raízes

Um prédio residencial desabou na manhã desta terça-feira (15) no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza. O vídeo abaixo mostra o momento exato do desabamento e a movimentação de rua ao lado da construção.

O governo do Ceará e a prefeitura de Fortaleza estimam que havia 18 pessoas no prédio no momento do desabamento.

  • 9 resgatados com vida (cinco deles já identificados)
  • 2 mortos
  • 9 desaparecidos (reclamados pelas famílias)

Quando o ‘mundo’ de alguém desaba sobre sua cabeça, pensamos tão profundamente na efemeridade da vida. Além de todas as reflexões e julgamentos que o assunto propõe em tragédias assim, também meditamos: e se fosse comigo? E se, num repente, o teto caísse sobre minha cabeça, eu teria vivenciado a minha vida ou apenas passado por ela sempre esperando o momento certo para vivê-la?

Impossível em situações como esta não passar um filme de nossas vidas em nossas mentes e é neste ponto em que devemos decidir pela prática da empatia, da pedagogia do amor, do viver o hoje, de jamais desperdiçar a chance de ser útil a alguém, jamais desperdiçar um instante de ouvir o outro, de dizer-lhe o quanto a sua existência é importante para nós. É sábio aprender o valor da vida com o exemplo e o sofrimento alheio diante das inevitáveis angústias do existir, pois é muito provável que não teremos tempo para aprender com os nosso próprios erros e dores de existir.

Notícia atualizada às 21h05min de 15 de outubro de 2019

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão.As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores.A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.