Premiê autoriza Coelho da Páscoa a sair da quarentena

Portal Raízes

Com todo mundo em casa sem poder circular pelas ruas, quem é que vai trazer os ovos de páscoa? Essa foi a preocupação da Taylah, uma garotinha de 9 anos na Austrália. Ela mandou uma carta ao primeiro-ministro questionando como que essa situação seria solucionada, já que o coelhinho não poderia entrar no país.

Foi então que McGowan, o primeiro-ministro da Austrália Ocidental, emitiu uma autorização para que somente o coelho da Páscoa quebrasse as regras de quarentena, mas o restante da população ainda precisa ficar em isolamento para diminuir o contágio do coronavírus.

Ele até gravou um vídeo, no qual diz: “No momento é difícil para as pessoas viajarem por aí. Então eu tenho uma atualização muito importante”. (…) “Trabalhamos muito duro e estou muito feliz em anunciar que acabo de assinar uma exceção especial para o Coelho da Páscoa. Isso significa que ele pode vir à Austrália Ocidental e visitar todas as nossas famílias e amigos no próximo final de semana”, decretou.

“Todos nós sabemos o quanto isso é importante. Desejo uma feliz Páscoa e, como sempre, escutem seus pais e não comam muito chocolate”, alertou.

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.