Procuram-se voluntários para fazer carinho em porquinhos resgatados

Portal Raízes

O trabalho dos voluntários é acariciar a barriga dos lindos porquinhos, dar-lhes biscoitos e conversar com eles para que eles se acostumem ao contato humano. A campanha faz parte de um programa de adoção para essas coisinhas fofas.

Atualmente, o negócio de passear e cuidar de cães é muito comum, seja através de empresas ou pessoas normais oferecendo esse tipo serviço, quase sempre muito bem remunerados e com grande prazer, pois não há nada melhor do que filhotes. O mesmo vale para os gatos, que, embora sejam muito mais independentes, ainda precisam de alguém para lhes dar comida e água, além de uma boa distração.

Mas a oportunidade oferecida pelo Cotton Branch Farm Sanctuary, um santuário de animais localizado em Leesville (Carolina do Sul, EUA), é bastante singular e marcante: eles procuram voluntários para socializar com cerca de 150 porcos resgatados e prepará-los para que sejam adotados depois.

Foto: Cotton Branch Farm Sanctuary reprodução

Esse processo de “socialização” dos porcos inclui carícias em suas barrigas, alimentá-los com biscoitos e conversar com eles, o que parece ser recompensador e o trabalho dos sonhos pra muita gente.

O santuário ofereceu essa oportunidade via Facebook e foi sucesso instantâneo: em uma semana, mais de 100 pessoas se ofereceram. Na maioria dos comentários deixados, as pessoas se derretiam com a ternura dos porcos, mostrando que eles são animais tão adoráveis ​​quanto qualquer outro. Sem contar o combate à má fama injusta da qual os porquinhos são estigmatizados de “sujos” e “fedorentos”.

Foto: Cotton Branch Farm Sanctuary reprodução

A socialização é muito importante para todos os animais que estão em processo de adoção, pois o contato com pessoas e diferentes ambientes ajuda a diminuir os níveis de ansiedade do animal; no caso dos porcos, especificamente, foi cientificamente comprovado que a socialização é benéfica para o seu comportamento ao longo da vida.

Fonte: Upsocl

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.