Quais são as chances de ser infectado ao ar livre?

Portal Raízes

Já sabemos que o risco de contrair covid-19 em locais fechados é elevado. Mas e do lado de fora? Quais são as chances de ser infectado ao ar livre? As informações são da BBC News.

Você pode pegar o coronavírus de uma pessoa que passa correndo por você ou de outra que se refugia em um ponto de ônibus para escapar da chuva?
Os cientistas dizem que o contágio pode ocorrer ao ar livre, mas as chances são muito reduzidas.

Isso porque o ar livre dispersa e dilui o vírus. Também ajuda a evaporar as gotículas de líquido em que é transportado, que são expelidos por alguém infectado quando tosse, espirra ou mesmo quando fala.

A luz solar ultravioleta, por sua vez, geralmente mata o vírus quando exposto à luz do sol. Mesmo assim, há casos em que se acredita que as infecções ocorreram em ambientes externos.

Um estudo na China identificou que havia possibilidade de dispersão do vírus quando, por exemplo, duas pessoas falavam cara a cara por 15 minutos consecutivos.

Os riscos são baixos, mas não zero. Quais são eles?

  • Ficar muito próximo: alguém infectado, mesmo assintomático libera o vírus ao respirar, ao tossir, ao falar e gotículas podem atingir os seus olhos e/ou boca. Portanto deve manter um distanciamento de 2 metros.
  • Companhia prolongada: se você passar por alguém ou se esbarrar nela, é pouco provável que fique contaminado. Entretanto, conhecidos que passam muito tempo juntos ao ar livre e pensam que estão completamente seguros não deveriam se sentir tão confortáveis. Correr com alguém e acompanhá-lo de perto por 20 minutos ou mais e respirar atrás dele pode ser um problema, diz Cath Noakes, professor e especialista em infecções transmitidas pelo ar.
  • Transitar na multidão: Os cientistas estão preocupados com áreas que não estão apenas lotadas, mas parcialmente fechadas, como barracas de mercado ou pontos de ônibus. Sempre que o ar está parado, ele pode estagnar e ser contaminado. É em locais como caminhos estreitos ou filas com muitas pessoas que os especialistas dizem que o uso de máscara pode ser necessário.

Posso contrair o vírus tocando em um banco de parque (ou outras superfícies)?

Se uma pessoa infectada tossir na mão e depois limpá-la na superfície, o vírus pode sobreviver ali por horas. Pesquisadores nos EUA encontraram o vírus nas alças de latas de lixo e botões nos semáforos. Eles acreditam que isso pode ter causado infecções, embora em um nível relativamente baixo em comparação com outras formas de propagação do vírus.

Onde estão os maiores riscos?

Todas as evidências indicam que a grande maioria das infecções por covid-19 ocorre em ambientes fechados. O vírus é transmitido por meio da interação humana, principalmente quando as pessoas ficam juntas por um longo período de tempo.

Isso significa que o vírus pode se espalhar de várias maneiras diferentes. Gotículas infectadas podem cair em pessoas próximas ou contaminar superfícies que outros tocam. E, se os ambientes estiverem cheios de gente, pequenas partículas de vírus podem se acumular no ar e ser inaladas.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.